https://www.poetris.com/
Poemas : 

Incompreensível

 
Só sou ouvida quando não tenho nada a dizer. É no silêncio que minha ignorância se destaca. O problema é que eu nunca tenho nada a dizer na maior parte do tempo. E na menor parte do tempo quando sinto necessidade de expor minhas palavras me torno incompreensível. É desesperador perceber que aquilo que está sendo enterrado insiste em brotar outra vez. As ervas daninhas da vida. É preocupante as ervas estarem brotando na noite que antecede o dia de maior desordem mental da semana. Quando eu sou dependente da minha alma e do meu corpo, desejo estar na horizontal e em outra dimensão. Mas quando sou dependente da minha consciência, eu preciso me refazer através de um novo dia. A cada sol nascente, um novo ciclo se inicia.

 
Autor
Leepeters
Autor
 
Texto
Data
Leituras
127
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 26/03/2019 21:30  Atualizado: 26/03/2019 21:30
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15162
 Re: Incompreensível
"O essencial é invisível aos olhos". Abraços!


Enviado por Tópico
PROTEUS
Publicado: 26/03/2019 21:49  Atualizado: 26/03/2019 21:49
Colaborador
Usuário desde: 27/03/2010
Localidade:
Mensagens: 3677
 Re: Incompreensível
É assim com os sábios...
Dizem mais quando menos falam.
No vazio entre as palavras muito mais está sendo dito.
Muito do que sabem os que sabem não pode ser traduzido pelas limitadas línguas humanas.
E então, quando o silêncio se faz mais presente, as verdades surgem como quase mentiras...
O dia, com seus ruídos alucinantes anulam as vozes da consciência e da alma.
Mas na noite, somente os ruídos essenciais se manifestam densos e opressivos... Trilha sonora para o que deve ser dito e pouco ouvido.