Poemas : 

Voltando do Econômico A Pé

 
Aquilo ali, aquilo ali sou eu
No meio da rua, carregando sacos
Cinco horas, eu vou deitar na cama

Entenda, esperança
Não vai ter nada de especial

Todo mundo correndo para o topo
Não há nenhuma chance de eu chegar lá
É inexistente o que eu podia ser

Entenda, esperança
Não vai ter nada de especial

Tem certeza que você é feliz?
Me enganando desse jeito
Esperança, você mente todo dia
Mas entenda,
Não vai ter nada de especial.


bom dia mãe cabô galão

 
Autor
MauricioWalrusQ
 
Texto
Data
Leituras
407
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.