https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Laços

 
Não sei do que é feito o laço
Que me prende ao seu pulso
Creio que, movido ao impulso,
Que ele chegue a ser de aço.

Não serão palavras ao espaço
Nem o meu poema será avulso
Mas toda vez que eu te abraço
Sinto o coração do peito expulso.

Sei que é por querer a minha prisão
E que o laço de aço é mui perfeito
Dentro do contexto deste poema.

Então que seja este o nosso lema
Que sejam enlaçados deste jeito
O meu (todo seu) no seu... Coração!



Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
337
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
4
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 28/08/2019 11:48  Atualizado: 28/08/2019 11:48
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29256
 Re: Laços
Muitas vezes nosso corações se apaixona sem os olhos espererem


Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 29/08/2019 03:02  Atualizado: 29/08/2019 03:02
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6553
 Re: Laços
Boa noite, Gyl,

Quando este laço acontece posto que o cordão é de três dobras. Não tem jeito o coração pulsa forte. Belíssimo poema. Parabéns!

Um abraço,
Mary Jun

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 07/09/2019 00:58  Atualizado: 07/09/2019 00:58
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16132
 Re: Laços
Gyl
Parabéns! Belíssimo soneto!
Que os laços sejam eternos, duráveis, resistentes como o aço! Merece um dez e um coração pulsante! Levei!
Beijos!
Janna