https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Covid-19,fruto da poluição

 
Open in new window

Tanta produção
Tanta poluição,
O mundo está de tanga
O mundo está doente

Corona é seu choro
Tuas lágrimas é sua dor,
Dor que agora se sente,
A ti pertence

Pertence a ti
E a todos nós, os impiedosos,
O mundo há muito gemia
E seu gemido foi abafado por nós

Tanta produção
Tanta poluição,
Covid-19 é um sintoma...
A terra está morrendo

Não adianta chorar
Não adianta fugir à morte,
Se a terra morrer, ninguém fica,
Por tua e minha culpa

Tanta produção
Tanta poluição,
Pode-se fechar escolas, fechar palácios…
Mas não se pode fechar o céu

O céu que tanto chorara
A poluição praticada por ti e por mim.
Enquanto a terra morre aos poucos,
Covid-19 adverte os homens

Homens que agora choram,
Que agora se mascaram
Pra fugirem da morte encomendada,
Poluição, tanta poluição

Coronavírus é doença da terra,
Não adianta tudo fechar,
O céu, quem o fechará?
Tanta produção, tanta poluição...

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
565
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
4
4
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 12/03/2020 13:39  Atualizado: 12/03/2020 13:39
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6689
 Re: Covid-19,fruto da poluição
Eis a verdade que vos digo:
A terra está sufocada
A terra está doente
A terra está morrendo,
O homem é quem dita
A sentença da sua morte;
Poluição, tanta poluição…

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 12/03/2020 22:22  Atualizado: 12/03/2020 22:22
Muito Participativo
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: BRASIL
Mensagens: 92
 Re: Covid-19,fruto da poluição
Verdade, embora eu tenha medo de ver, talvez prefira esquecer. Talvez perca com isso a chance de viver


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/03/2020 17:51  Atualizado: 16/03/2020 17:51
 Re: Covid-19,fruto da poluição
tens razão, é fruto da merda que expeles pelo cu. desgraçado