https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

na terceira voz, o Monólogo de Simão Botelho e Mariana

 
Eu amar-te
será sempre a mágoa de
alguém que, tristemente, se parte...

Não a minha,
já não

então,
essa de alguém dor
alguém desfaz,

ou jaz,

sozinha.


Sou fiel ao ardor,
amo esta espécie de verão
que de longe me vem morrer às mãos
e juro que ao fazer da palavra
morada do silêncio
não há outra razão.

Eugénio de Andrade

Saibam que agradeço todos os comentários.
Por regra não respondo.

Direitos de autor:
Simão Botelho e Mariana são dois personagens do afamado "Amor de Perdição" de Camilo Castelo Branco
 
Autor
Rogério Beça
 
Texto
Data
Leituras
245
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
2
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Almamater
Publicado: 18/04/2021 03:08  Atualizado: 18/04/2021 03:08
Muito Participativo
Usuário desde: 16/02/2021
Localidade:
Mensagens: 56
 Re: na terceira voz, o Monólogo de Simão Botelho e Mariana P/ Rogério Beça
É, na minha opinião, O verdadeiro Amor de Perdição nesta obra.
É um Amor que tem tudo para ser o mais bonito da história da nossa literatura pois tem como mola impulsionadora a abdicação, neste caso de Mariana, que deixa tudo para se transformar na cuidadora de Simão no desterro e, saliente-se, sem esperar ou pedir o que seja em troca. Assim é a nossa Mariana.

Obrigada por este momento e, sobretudo, pela forma como "despenteou" o texto , apresentando este resultado.

Sorriso d'Alma

Enviado por Tópico
Marineuza
Publicado: 19/04/2021 17:04  Atualizado: 19/04/2021 17:04
Da casa!
Usuário desde: 08/04/2020
Localidade:
Mensagens: 268
 Re: na terceira voz, o Monólogo de Simão Botelho e Mariana
Adorei. Amor de Simão Botelho e Mariana descrito com tanta beleza e simplicidade.

Abraço