https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

Um Grito

 
Open in new window
Um grito

Eu surto no grito do silencio,
como quem chupa um sorvete,
sob um sol que cria infinitas cores
em um chão de pétalas de flores...
E rasgo meus pulsos com um estilete.

O sangue escorre como um rio
eloquente, pulsa na vermelhidão de um
olhar descrente e tudo em m'volta
me é indiferente, mas determinado como
é o aroma de rosas em um ramalhete

A dor não me surpreende ou me tiraniza
somente o mistério da vida me prende,
também o horror de ver o vermelho
na minha camisa.

Não se pode encurtar a trilha
mas nada obriga
um Velho moinho de vento a girar
tão lento, tomado pela clausura
do desatino eu penso ouvir violinos
nas margens insanas do meu pensamento

Alexandre Montalvan

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
193
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 11/11/2020 00:44  Atualizado: 11/11/2020 00:44
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade:
Mensagens: 548
 Re: Um Grito
Um belo poema, mas de uma tristeza enorme, a mais profunda que é desistir da luta. Espero que o velho moinho gire mesmo à menor brisa... Abraços


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/11/2020 20:07  Atualizado: 11/11/2020 20:07
 Re: Um Grito
estás bonito. aonde é que foste comprar os dentes? não vendem lá camisas!
eu gostei do estil
ete
uma boa noite