https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

Soneto do Cão de Rua

 
Open in new window
Cão de Rua

Nunca eu fiz tudo que pude
Para ser o melhor em nada
Tenho tão poucas virtudes
E as falhas são demasiadas

Tu não peças que eu mude
Elas completam a m'jornada
E nesta louca vida amiúde
Sempre temo qualquer cilada

Afinal trago comigo a verdade
Sem ocultar nada eu digo
Minha vida é sem fronteira

Sou como um cão jogado na rua
Minha cama é a calçada sob a lua
Vivo feliz por viver sem coleira

Alexandre Montalvan

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
114
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 19/02/2021 19:41  Atualizado: 19/02/2021 19:41
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 3112
 Re: Soneto do Cão de Rua
Lindo poema;

Tu que me lês não te iludas (...)

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 19/02/2021 20:22  Atualizado: 19/02/2021 20:22
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: BRASIL
Mensagens: 754
 Re: Soneto do Cão de Rua
É uma vida meio louca, mas a vida quê eles escolheram , mesmo que eles ganhasse dinheiro ele dividiria com os companheiros. Aqui existe uns que tem casa mas adora ir para rua dividir o litro grandão de pinga.
"Eles dizem que eles dividem alegria e o tempo passa "