Poemas : 

a estação das supernovas

 
como sabem
tudo começa com o açoite
das noites e tiros
de tequila

e cada segundo
é um puro segundo
tão virginal
que um gajo nem suspeita de que
é espera
radiação submersa
prestes a ser caudal

não queria nada
esquecer esse retrato
de refugiado à luz da praia
que selou os meus instantes
quando ainda havia selos
e eu curvava a letra ao cite
carnívoro de uma boca
e às supernovas

trancadas no armário do quarto
até o conjuro do sexo
ou uma discussão com o meu pai
as vir buscar

 
Autor
Benjamin Pó
 
Texto
Data
Leituras
578
Favoritos
8
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
90 pontos
6
10
8
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Aline Lima
Publicado: 13/05/2023 02:41  Atualizado: 13/05/2023 02:42
Usuário desde: 02/04/2012
Localidade: Brasília- Brasil
Mensagens: 666
 Re: a estação das supernovas para Benjamin
Li , sai e voltei com vontade de ler novamente essa explosão de sensações e sentimentos.
A maneira como você descreveu os cenários e as emoções me transportou para dentro do texto , quase pude sentir o gosto forte da tequila, a pureza do instante inocente que precede as descobertas , os conflitos, a vivência, a excitação. Intenso. Cheguei a desejar que esses segundos não terminassem.
Adoro ler os seus escritos, este me tocou em especial.
Poema maravilhoso !
Meus aplausos.


Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 13/05/2023 13:20  Atualizado: 13/05/2023 13:20
Administrador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3709
 Re: a estação das supernovas p/ benjamin
ola benjamin

por acaso no meu caso os açoites da noite não começam na tequila (pormenor) mas que saem "tiros "de outras bebidas qualquer....explosões que nunca se sabe no que as supernovas vão dar....
seja, no dia seguinte sempre se pergunta... quem, o quê,onde, quando, como, porquê...abre.se o "jornal" e....???

é sempre bom, muito bom ler.te

atenciosamente
HC


Enviado por Tópico
Abissal
Publicado: 18/05/2023 20:55  Atualizado: 18/05/2023 20:55
Membro de honra
Usuário desde: 27/10/2021
Localidade:
Mensagens: 592
 Re: a estação das supernovas
Gostei da leitura, amigo. Um poema cheio de frescor, e sangue rebelde.:)
Muito bom.

Abraço