https://www.poetris.com/
Poemas : 

Dualidade

 
Alegre e triste
Sim, assim se faz o dia
Um amor incomparável
Um amor disuloto
A vida pregando peças
É viida pedindo energia!
Fragilidade nem pensar
Mas ânimo pra continuar!
Duelo de emoções! Amores!
Fazer feliz quem sempre esteve ao meu lado
Chorar por amor à pessoa mais importante da vida!
Dia difícil!
Sentimentos conturbados lado a lado;:
Vida/Morte
Acendendo um olhar
Apagando um sorriso...
Vida que segue sem sentido.,.

 
Autor
Susi*
Autor
 
Texto
Data
Leituras
73
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
4
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Paulo-Galvão
Publicado: 02/02/2024 10:53  Atualizado: 02/02/2024 10:53
Usuário desde: 12/12/2011
Localidade: Lagos
Mensagens: 1169
 Re: Dualidade
Olá Susi,

Gostei do poema.
Pois é, assim são as duas faces da mesma moeda.

Abraço
Paulo


Enviado por Tópico
ZeSilveiraDoBrasil
Publicado: 02/02/2024 12:33  Atualizado: 02/02/2024 12:33
Administrador
Usuário desde: 22/11/2018
Localidade: RIO - Brasil
Mensagens: 1727
 Re: Dualidade
.
.
.
Ficará o poema como uma linha divisória, um marco do antes e depois. Cada passo adiante será como páginas viradas ao sabor do tempo. Vida que segue e que terá novos sentidos. Ao reler daqui algum tempo, sorrirás!

Meu abraço caRIOca!