https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

a Esperança dos inocentes

 
Open in new window

"Rebeka" - Katarína Vavrová


Não faço julgamentos mas
aplico penas aos parcos que me pegam
ao colo e dizem
Escrever sonetos
é coisa pacóvia dizem
os mestres do método das artes
de escrever

E se me assumo como coisa óbvia
em gerúndio apreciando
o que se mais me apraz
e da terra quente o sol me traz alexandrinos
hei de escrever também
para os que os querem desmontar
das selas de bossas
do passado

Para os que contam neles não
confiar das modas e rodas do tempo
em que não sou
das artes nem das letras sou
dum mundo inteiro cheio do vazio
pleno da vã esperança dos inocentes
crentes no dia em que a mosca vá parir dentes
aos antros da solitária onde mora o navio
naufragado nas nossas mentes doentio
sufragado, enterrado, soterrado e mal-amado pelos
seus entes da engenharia
da matemática
serventes da apática
hora em que o ponteiro vagueia
entre as leis da última ceia doce
entre a teia melosa das abelhas mestras
onde cegam humanos e se
verga a fé dos que veem
luz no breu das noites e quentes
leem palavras
e vírgulas aos doentes livres em queda
picada
pela vacina da quieta sobrevivência


 
Autor
AliceMaya
Autor
 
Texto
Data
Leituras
307
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
34 pontos
12
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Egéria
Publicado: 08/02/2024 14:51  Atualizado: 08/02/2024 14:51
Usuário desde: 28/09/2009
Localidade:
Mensagens: 854
 Re: a Esperança dos inocentes
Olá,
adorei a força das palavras !!!!!!!!!!! O vinculo com o significado que pretende transmitir...
Abraço


Enviado por Tópico
Paulo-Galvão
Publicado: 08/02/2024 15:12  Atualizado: 08/02/2024 15:12
Usuário desde: 12/12/2011
Localidade: Lagos
Mensagens: 1176
 Re: a Esperança dos inocentes
Olá Alice,

Fiquei siderado e sem Fôlego no final deste texto tão expressionista.

Abraço

Paulo


Enviado por Tópico
Aline Lima
Publicado: 08/02/2024 19:12  Atualizado: 08/02/2024 19:12
Usuário desde: 02/04/2012
Localidade: Brasília- Brasil
Mensagens: 545
 Re: a Esperança dos inocentes para AliceMaya.
Olá, Alice Maya.
A forma como você tece palavras e metáforas cria um universo poético denso e reflexivo. A resistência aos padrões estabelecidos, revela uma consciência crítica da sua própria expressão artística. A metáfora da mosca parindo dentes e a imagem do navio naufragado nas mentes são particularmente impactantes, transmitindo uma sensação de desafio e dor inerentes à existência.
Gostei muito da intensidade.
Cordialmente.
Aline.


Enviado por Tópico
agniceu
Publicado: 11/02/2024 04:36  Atualizado: 11/02/2024 04:36
Da casa!
Usuário desde: 08/07/2010
Localidade:
Mensagens: 497
 Re: a Esperança dos inocentes/ para a AliceMaya
Maravilhoso!

Apesar da beleza do seu texto, tão bem escrito, sente-se nas palavras a crítica aguçada a uma sociedade doente, a um descaminho ao longo dos tempos...

Já agora , qual foi o objetivo da autora ao por o dedo na ferida ou ao expressar sua inquietude vivaz, neste poema ?

Pode ter o nome de Alice, mas definitivamente não se sente no país das maravilhas, pelo grito desprendido aqui.

Um abraço e obrigado pelos seus escritos. Muitos parabéns!


Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 11/02/2024 10:47  Atualizado: 11/02/2024 10:47
Administrador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3542
 Re: a Esperança dos inocentes/AliceMaya
Olá AliceMaya
Não tenho muito mais a acrescentar ao que foi dito nos comentários anteriores, apenas sublinhar que quando li e reli este poema, as palavras pronunciam poderosa mestria de significados.
Cada verso, um poema, desencadeiam cascatas de imagens não só visuais, mas também possíveis de apalpar. O que para mim, não tenho qualquer dúvida em afirmar estar perante uma poesia que eleva a experiência de leitura a um patamar superior..
data vénia

Atenciosamente
HC


Enviado por Tópico
Alpha
Publicado: 11/02/2024 12:33  Atualizado: 11/02/2024 12:40
Membro de honra
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1869
 Re: a Esperança dos inocentes
Olá, AliceMaya

Neste palmilhar de palavras inauditas
Deixa a mente aguçada até ao vértice
Leva-nos para grandes causas infinitas
Silabando tudo que advém da espécie!

Palavras tecidas, tais artesãos de filigrana em que cada peça mostra seu esplendoroso visual, mas nunca as naus naufragadas nos desertos das suas confeções...mas a esperança ficará sempre latente na vacina dos inocentes...(?)
Poema repleto de alcances que vão muito para lá de um singelo comentário. Deixo minha reverência.