Poemas -> Desilusão : 

Tão triste e vazio

 
As palavras já não saem mais
Tudo é um vazio tremendo
Uma solidão angustiante
Um desejo incontido de voar
Mas é quando percebo que não tenho asas
Não posso voar assim
E tudo volta ao caos interior
A solidão que estraçalha a alma
No jardim não há flores
Estão todas mortas com o tempo
E borboletas não voam mais
Nem mesmo se ouve os cantos dos pássaros
E tudo parece tão sombrio
Que é assustador.

Por que alguém pode nos fazer sentir assim?
Por que somos tão dependentes?
Parece que o mundo não existe mais
Ou pelo menos não há graça nele
E o tempo não passa
Apenas a saudade aumenta a cada minuto
E a solidão parece nos abraçar
Com seus braços fortes e sufocantes.

Nem mesmo consigo expressar minha dor
Porque as palavras já não saem mais
E tudo parece mesmo ter chegado ao fim
Então deixo me descansar nas folhagens
Enquanto contemplo uma estrela solitária
Imaginando que é aquela tão desejada
A única capaz de mudar o meu mundo
Hoje tão triste e vazio.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
262
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.