https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

terceto da révolta

 
Condenada a cumprir pena
a prendada ré
volta para a cela da prisão...






A minha pátria é a língua portuguesa.
Bernardo Soares

Saibam que agradeço todos os comentários, de coração...
Por regra não respondo.



Recente Haikai designado antes por poema sombrio
 
Autor
Rogério Beça
 
Texto
Data
Leituras
527
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 09/09/2008 21:47  Atualizado: 09/09/2008 21:47
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: terceto da révolta
Se a tua ideia é exaltar o ambíguo,o absurdo acertas na "mouche". Tanto que a ré foi de marcharé para a liberdade a que foi condenada. Um abraço.

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 09/09/2008 23:52  Atualizado: 09/09/2008 23:52
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11165
 Re: terceto da révolta
Rogério,
condenada á vida fora do presídio por bom comportamento, lá dentro.
Ambiguidades...
Bjs
Nanda