https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O REGRESSO

 
O barco do meu silêncio
naufragou em mares distantes
morto senti meu corpo
deixado na quimera
mas a minha alma chegou ao porto
para tornar a ser quem era.



Jorge Oliveira

VISITE E COMENTE O MEU BLOG

Mais poemas em:


http://afacedossentidos.blogspot.com/

 
Autor
quidam
Autor
 
Texto
Data
Leituras
539
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.