https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Para ti!

 
Tags:  amor    alegria    felicidade    prazer    encanto  
 
Não existem palavras que definam o abstracto,
não encontro nem um verbo para te contar em retrato.
És tudo que nunca quis, por pensar não existir.
És tu que me fazes, sem saber como, sorrir!
A mulher que deus amou sem sequer a conhecer,
a mulher que todos querem mas só eu consigo ter.
És mais do que tenho, mais do que possa explicar…
Tanta beleza junta sem algo para criticar!
Odeio, este ódio de não te poder odiar,
odeio como odeio não te poder abraçar.
Estranho sentimento da distância aumentar
Devia odiá-lo, mas juro é bom matar
a vontade que cresce e se transforma em desejo,
que percorre corpo e alma no momento em que te vejo!
O olhar mais profundo, sorriso mais carinhoso
deixa o puto babado e o homem orgulhoso
do que sente, do que vive, do que quer e do que tem.
Da posse que possui pela mulher de mais ninguém

São momentos de alegria, momentos de satisfação
São momentos que valorizam uma vida, sem lhe dar nenhum senão
Sem stresses, sem medos, problemas ou desconfianças.
É um amor feito de música, onde eu toco. Onde tu danças
Onde tudo é perfeito. Onde a vida é magia
Onde passados de tristezas se transformam em alegria,
e da certeza de saber, que sabes que eu bem sei…
Que me amas loucamente, amando-te como nunca amei
Querendo como nunca quis, sonhando como nunca sonhei
E se amor for pecado, vou pecar de certo eu sei
Que por pecar desta maneira castigado eu não serei
Tanto amor não contesto, mas pergunto se mereço
Ser dono desta riqueza, desta quantia sem preço
Saber como não me interessa, e tentar não sei se sei
Mas sabes que agradeço, e do pouco que te dei
Guarda o amor sincero, o sentimento mais profundo
Os momentos e sorrisos desde o primeiro segundo
Porque é contigo que estou, e é contigo que existo
Juntos somos mais fortes e por ti eu não desisto
De lutar pelo sorriso que contigo concebi
Do amor e da vontade que a teu lado adquiri


Convido-vos a visitar o meu blogue pessoal, e agradeço também que sejam críticos e construtivos. Obrigado

© Meister 09/12/08
 
Autor
bjffmatos
Autor
 
Texto
Data
Leituras
914
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
LuisaMargaridaRap
Publicado: 09/12/2008 12:11  Atualizado: 09/12/2008 12:11
Colaborador
Usuário desde: 19/08/2008
Localidade: Portalegre - Alentejo
Mensagens: 1512
 Re: Para ti!
Só o começo me conquistou

"Não existem palavras que definam o abstracto,
não encontro nem um verbo para te contar em retrato.
És tudo que nunca quis, por pensar não existir."

Belissimo o teu texto, uma verdadeira carta de amor,


beijinhos

Luisa Raposo