https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Humor : 

««Remessa urgente««

 
««Remessa urgente««
 
Sr. Primeiro ministro
Desculpe o incomodo
Sei que é muito atarefado
Mas cá na nossa aldeia
Estamos muito arreliados


Não quer ver vossa excelência
O que vai acontecer
Vai haver o mundial
E a gente onde o vai ver

Nem imagina a confusão
Na tasca do João
Ele quer uma televisão
Mesmo em cima do balcão

Já o Sr. Prior
Está em desacordo
Fala que o melhor é um lençol
Para ver os jogos
Que coisa de doidos

Até o cangalheiro
Homem feio e sisudo meteu o bedelho
Quer ver os jogos no muro do cemitério
Veja vossa excelência o sacrilégio

Só vossa bondade
Para resolver a questão
Tem que haver autoridade
E uma grande organização


Quer a minha opinião
O melhor é na fazenda do compadre Simão

Com os novos subsídios
Matamos dois coelhos numa cajadada
Compramos a televisão
E fazemos uma feijoada

E já agora só mais um pedido
Ponha lá a nossa aldeia no mapa
Por causa dos turistas
Que vem ver as nossas vacas


Com esta me despeço
Muito agradecida por sua atenção
E cá o esperamos para a inauguração
Com a garantia de ter o nosso voto
Na próxima eleição…

P.s
Uma perguntinha do amigo sacristão
Se votarmos em branco
Ganhamos a televisão.




Era tão fácil a poesia evoluir, era deixa-la solta pelas valetas onde os cantoneiros a pudessem podar, sachar, dilacerar, sem que o poeta ficasse susceptibilizado.

Duas caras da mesma moeda:

Poetamaldito e seu apêndice ´´Zulmira´´
Julia_Soares u...

Imagem tirada do Google
 
Autor
Antónia Ruivo
 
Texto
Data
Leituras
567
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 21/01/2009 13:53  Atualizado: 21/01/2009 13:53
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12084
 Re: ««Remessa urgente««
Antónia
esta forma poetica entre a critica e o humor esta muito boa, parabéns.

Beijos