https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Pardal

 
Fazes do esboco imperfeito
Arte rara e de pura beleza.
Es razao do meu pranto refeito
Quando cumplice da minha tristeza.

A sombra que habita no meu coracao
E nos caminhos que percorro com receio
Esconde-se quando surge a sensacao
Do ninho em teus bracos que anseio

Serem mais que efemero momento.
Mas tal qual pardal aprendiz
Do crescer fiz meu lamento
E de ti meu caule e raiz.

Do conforto morno de um lar
Fiz gelo com meu queixume
Palavras que ditas sem falar
Foram pinhas queimando no lume

De repente desse amparo caidos
A nossa arvore ficou so minha
Limpei as penas, sacudi carpidos
E assim aprendi a voar sozinha.



Carla Veiga Ribeiro

 
Autor
Carla Veiga Ribeiro
 
Texto
Data
Leituras
853
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
jessébarbosadeolivei
Publicado: 22/07/2009 14:09  Atualizado: 22/07/2009 14:09
Da casa!
Usuário desde: 14/09/2008
Localidade: SALVADOR, Bahia ---- BRASIL
Mensagens: 368
 Re: Pardal
poema prenhe de lirismo e imponência.

Enviado por Tópico
poesiadeneno
Publicado: 22/07/2009 17:53  Atualizado: 22/07/2009 17:53
Colaborador
Usuário desde: 27/06/2009
Localidade:
Mensagens: 1407
 Re: Pardal
Carla,

Um verdadeiro voo nas asas do pensamento.

Lutar,ir em frente e viver,(Carpe Diem).

Belíssimo poema.

Beijos.