https://www.poetris.com/

 
« 1 ... 76 77 78 (79)
Textos deste autor
Offline
jamaveira
Covardia
Covardia Pensando em fazer não fiz, ficou pra traz... É certo que errei, não arrisquei, transfor...
Enviado por jamaveira
em 05/09/2006 17:30:00
Textos deste autor
Offline
Stacarca
Vestígios assombros
Vestígios assombros Passado de uma "glória" jamais vivida Presente e futuro de um tris...
Enviado por Stacarca
em 03/09/2006 01:49:44
Textos deste autor
Offline
Stacarca
Decadência
Decadência O amor fecunda uma esperança inerte A dor emana um desespero existente; Almas ceif...
Enviado por Stacarca
em 05/08/2006 03:53:54
Textos deste autor
Offline
Stacarca
Adeus...
Adeus... As folhas etéreas já caem das árvores E o intrépido Sol Nasce com seu esplendor, Os ...
Enviado por Stacarca
em 05/08/2006 03:52:48
Textos deste autor
Offline
jamaveira
Sombrio
Sombrio Céu negro anuviado esconde sobre mistérios a luz da lua, o brilho das estrelas Morcegos...
Enviado por jamaveira
em 27/07/2006 17:30:00
Textos deste autor
Offline
jamaveira
SOLIDÃO
SOLIDÃO Absorto! Observo o entardecer, o sol na sua despedida escurece minha alma. Frio assobia...
Enviado por jamaveira
em 25/07/2006 01:13:07
Textos deste autor
Offline
Isa
Quimera
Quando a noite vem E escurece os meus olhos Recolho-me num silêncio sepulcral Envolta em quimeras...
Enviado por Isa
em 15/07/2006 03:00:00
Textos deste autor
Offline
Junior A.
Ontem
Ontem ao me ligar, Confesso não entender Senti em cada suspiro: Meu amor ainda é seu... Dizias qu...
Enviado por Junior A.
em 07/07/2006 12:56:42
Textos deste autor
Offline
Isa
Chuva na vidraça
A chuva bate na vidraça e, levemente, sinto a apatia envolver-me docemente. Deixo a minha alma en...
Enviado por Isa
em 29/06/2006 10:18:29
Textos deste autor
Offline
Poeta_Morto
Devorador de Vidas
Descia do alto das colinas Como a morte Vinha para comer vidas Descia de seu negro cavalo Todos...
Enviado por Poeta_Morto
em 26/06/2006 21:20:15
Textos deste autor
Offline
sebastiaoalves
O Medo
O Medo I Naquele tempo eu era menino Mas aquelas coisas não esqueço Elas me dilaceraram e povoam...
Enviado por sebastiaoalves
em 17/06/2006 08:20:00
Textos deste autor
Offline
Isa
A Tristeza
Sem avisares entras subtilmente E aninhas-te nos corações desalentados Deixando marcas nos rosto...
Enviado por Isa
em 06/06/2006 15:47:18
Textos deste autor
Offline
TrabisDeMentia
A Morte
Pálidamente a morte Em seu lento galope Se aproxima dos lados do mar E erguendo o seu chicote Ao...
Enviado por TrabisDeMentia
em 08/05/2006 23:27:40
Textos deste autor
Offline
Isa
Silêncio
Silêncio das palavras e ausência dos momentos. Os sonhos acabaram...fica um vazio. Absorvo a me...
Enviado por Isa
em 04/05/2006 15:59:55
Textos deste autor
Offline
Ludiro
Substância orgânica
Substância orgânica Caminhando pelos vales No solo fértil Hidratado Em poças de sangue Rubro...
Enviado por Ludiro
em 28/04/2006 23:10:00
Textos deste autor
Offline
Baguera
Tango da Morte
Um sonho, uma fantasia Saem trémulos do pincel Surgem dois corpos enrolados Numa dança caliente. ...
Enviado por Baguera
em 28/04/2006 20:17:50
Textos deste autor
Offline
UMA MULHER UM POEMA
OUTONO
Hoje não vejo o meu jardim florido As flores estão murchas e sem vida No redemoinho de folhas res...
Enviado por UMA MULHER UM POEMA
em 27/04/2006 22:17:32
Textos deste autor
Offline
TrabisDeMentia
Satanás
Pensamentos sangrentos secam a minha boca. Desde as entranhas ás trémulas mãos, o ódio se esva...
Enviado por TrabisDeMentia
em 19/04/2006 20:24:29
Textos deste autor
Offline
Raquel Naranjo
Silêncio
Sonho contigo e esqueço De lembrar esta decepção Que ergue o dia que passa Na vida que desmereço....
Enviado por Raquel Naranjo
em 18/04/2006 22:26:35
Textos deste autor
Offline
gera
Crosta
Paredes escuras, humidade viva e sufocante. Doce lar infernal que me embriaga os sentidos, E me f...
Enviado por gera
em 07/04/2006 13:59:55
« 1 ... 76 77 78 (79)