https://www.poetris.com/

 
« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 15 »
Offline
Junior A.
Findou-se
Foi-se, foi-se o tempo do cuidado Onde o amar por ser era expressado Onde cartas exageradas eram ...
Enviado por Junior A.
em 20/11/2007 17:42:09
Offline
Junior A.
Enfado
Espreitando aquilo que me é peculiar Vasculhando as linhas que não se findam Vejo que nada em mim...
Enviado por Junior A.
em 19/11/2007 17:50:49
Offline
Junior A.
Ao menos um dia
Ao menos um dia, quem sabe meio Queria descansar minh'alma dos embates Queria que dois não f...
Enviado por Junior A.
em 10/09/2007 15:02:35
Offline
Junior A.
Marca
Cai um pingo, uma gota, molhada De noite vagueia, uma alma cansada Sem ninho, ao esmo, assim, tão...
Enviado por Junior A.
em 28/07/2007 22:10:46
Offline
Junior A.
...
... Se olhares sem arrazoar o teu olhar, Há-de entender, é tristeza, afortunada Pelas razões que...
Enviado por Junior A.
em 28/07/2007 21:59:00
Offline
Junior A.
Lentamente
Quero morrer em teus braços, lentamente... Fincado por entre o teu corpo e o teu ventre No rasgo ...
Enviado por Junior A.
em 16/07/2007 18:12:39
Offline
Junior A.
Tenho
Não tenho escrito tanto, nem uns poucos, Enquanto a doença, que se instala á muito Seria escrita,...
Enviado por Junior A.
em 22/06/2007 21:05:59
Offline
Junior A.
Aos cantos que não se vêem.
Vasculhando as falas, embargadas n'alma Donde não se vê os cantos, nem o fim São falas, prop...
Enviado por Junior A.
em 20/06/2007 22:55:55
Offline
Junior A.
Algumas vezes
Algumas vezes, quando adormeço Por sobre a noite cansada, desejosa A ver aos teus lábios que não ...
Enviado por Junior A.
em 14/06/2007 22:18:47
Offline
Junior A.
Sê, amor...
Vê? Não quero mudar você Nem lhe mostrar novos mundos Pois confesso, meu amor sem temer Te gos...
Enviado por Junior A.
em 09/06/2007 17:26:11
Offline
Junior A.
Chamou-me amor
Chamou-me o amor, com tua voz serena, Sussurrando-me lentamente, num afagar, Dissera-me: cá estou...
Enviado por Junior A.
em 06/06/2007 23:04:48
Offline
Junior A.
Você
Se miro as estrelas que o céu ilumina Onde o tempo não passa Onde tudo é sem graça. Mas de repen...
Enviado por Junior A.
em 04/06/2007 17:34:18
Offline
Junior A.
Bem sei...
Bem sei, que me conheces, me descreves com mestria; já que meus risos, assim como meus prantos já...
Enviado por Junior A.
em 31/05/2007 17:33:50
Offline
Junior A.
Paresia
Alvejando, o passado escuso que derrama Por sobre a lembrança manchada, Diz-me á alma que ama, Da...
Enviado por Junior A.
em 28/05/2007 22:23:20
Offline
Junior A.
Enlear
Enleio-te, por entre a fresta do silenciar Por sobre as densas trevas do teu partir Enleio-te, sô...
Enviado por Junior A.
em 25/05/2007 21:35:22
Offline
Junior A.
Agastamento
Chateia-me o mundo, O fundo, o raso, A carne, morta que espeta, Chateia-me, a prosa, o poema O Po...
Enviado por Junior A.
em 18/05/2007 23:20:08
Offline
Junior A.
Meia onda, meia areia
Se a cada letra que cá deixo, É um grão que se torna areia, Rente a praia, vida, de noite, lua c...
Enviado por Junior A.
em 17/05/2007 18:10:30
Offline
Junior A.
Sinto-te
Sinto-me um tanto vazio, Que por tanto, Nada se dá sentido. Se pudesses olhar em meus olhos. Vê? ...
Enviado por Junior A.
em 17/05/2007 15:59:42
Offline
Junior A.
Empardeço
Fico a imaginar-te em outros corpos Pensando ser cicio teu n’outras falas E por mais que seja os ...
Enviado por Junior A.
em 11/05/2007 18:09:56
Offline
Junior A.
Cheira-me a vida (Considerações)
Perdoa-me o erro, deveras abroncado, Algo tão belo, ainda que recheado por um ser tristonho, des...
Enviado por Junior A.
em 11/05/2007 17:53:29
« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 15 »