https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 »
Offline
Carmen Palmeiro
Era uma vez… Quase!
Quase todas as histórias de donzelas e contos de fadas que conheço começam com um: “Era uma vez…”...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 28/08/2011 16:47:12
Offline
Carmen Palmeiro
Miáufa!
Miáufa! O maior medo não é o de conquistar. A maior conquista não é a de possuir. O maior de...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 17/03/2008 22:48:18
Offline
Carmen Palmeiro
Mãe Natureza
Perto da casa onde moro há um parque. São meia dúzia de metros quadrados de relva, salpicados de ...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 01/03/2008 00:07:26
Offline
Carmen Palmeiro
Amantes clandestinos
A noite estava calma, estrelada e a Lua iluminava o chão e o frio que se fazia sentir. Queria and...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 01/03/2008 00:02:36
Offline
Carmen Palmeiro
Água na boca!...
Cresce pouco a pouco uma avalanche de vontade na saliva que engulo sorrateiramente... É água na b...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 11/12/2007 00:12:55
Offline
Carmen Palmeiro
Manjar!
Lembrei-me hoje! Pensara tê-lo esquecido para todo o sempre, mas não! Lembrei-me! E foi hoje! Sur...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 09/12/2007 18:40:30
Offline
Carmen Palmeiro
Gelada!
Acordou um dia e o reflexo do espelho assustou-a. Queria crer que não conhecia a imagem deste alg...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 06/12/2007 23:04:30
Offline
Carmen Palmeiro
Facto!
Que é impossível já nós o sabemos! Que deixa saudade, é evidente! Trouxe tristezas, roubou noites...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 30/10/2007 01:14:47
Offline
Carmen Palmeiro
Personalidade!
Hoje estou particularmente aborrecida! Chateada mesmo! Acho que a idade me tem trazido esta incon...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 23/10/2007 20:52:49
Offline
Carmen Palmeiro
À deriva!
A manhã é cinzenta e triste! Na tarde, o cansaço assola o peito e à noite, as lágrimas nascem sec...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 23/10/2007 20:47:49
Offline
Carmen Palmeiro
Fórmula mágica
Tal como o ódio é o sentimento mais próximo do amor... a dor é a sensação mais próxima do prazer!...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 30/09/2007 17:11:07
Offline
Carmen Palmeiro
"Pura e inalcansável"
Só na água mais pura, cristalina conseguimos o reflexo perfeito... é o êxtase encontrá-la mas é t...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 30/09/2007 17:08:57
Offline
Carmen Palmeiro
Confissão
Confesso! Não sei! Atrevo-me a dizer que nunca soube! Gosto dos amigos, até gosto da família, gos...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 30/09/2007 14:50:40
Offline
Carmen Palmeiro
Até que ponto confiamos uns nos outros?
Até que ponto?! É uma pergunta pertinente. Ninguém se livra de sentir sobre os seus ombros o peso...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 30/09/2007 14:48:54
Offline
Carmen Palmeiro
Paraíso
Ao longe, lá bem longe deste meu alcance. No fundo horizonte, perdido está, um singelo paraíso! N...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 28/09/2007 00:16:57
Offline
Carmen Palmeiro
Tristes dias...
Dias tristes são dias sós, solitários, por preencher, isolados na sombra do dia esquecidos de sen...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 28/09/2007 00:13:53
Offline
Carmen Palmeiro
No teu corpo...
Existe um mistério no teu corpo é feito de desejo e mel sabe a fantasias quebradas sonhadas diari...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 28/09/2007 00:10:31
Offline
Carmen Palmeiro
Amor impossível
No auge da caminhada sangrenta imagino o altar perdido da tua figura inesquecível. Sem paz de esp...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 14/09/2007 15:21:03
Offline
Carmen Palmeiro
Aquela palavra que não pronuncio...
Somos só mais dois amantes Anjos de asas negras perdidos Unidos na memória e no prazer da carne D...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 14/09/2007 15:13:50
Offline
Carmen Palmeiro
Febre (mais ou menos!)
Anda por aí uma febre nova. Um novo síndrome qualquer. Talvez até nem seja novo, pode já ser podr...
Enviado por Carmen Palmeiro
em 14/09/2007 15:10:59
(1) 2 3 4 »