https://www.poetris.com/

 
(1) 2 »
Offline
victor_jeronimo
A MUSICA PAIRA NO AR
A MUSICA PAIRA NO AR Victor Jerónimo Musica dos deuses, arte das musas, Donde nasceu esta arte d...
Enviado por victor_jeronimo
em 08/02/2009 05:32:01
Offline
victor_jeronimo
TU QUE ESTÁS AÍ SENTADO...
TU QUE ESTÁS AÍ SENTADO... (victor jerónimo) a olhar para estas letras a tentares definir o que ...
Enviado por victor_jeronimo
em 02/02/2009 00:16:09
Offline
victor_jeronimo
CRIANÇA SÓ
CRIANÇA SÓ Victor Jerónimo era uma criança só sozinha e oprimida reprimida de ter dó vivia sua t...
Enviado por victor_jeronimo
em 24/02/2008 05:01:08
Offline
victor_jeronimo
O QUE É UM VERSO?
O QUE É UM VERSO? Victor Jerónimo Verso? O que é um verso? Pois então... São palavras... Reuniõ...
Enviado por victor_jeronimo
em 24/02/2008 04:55:57
Offline
victor_jeronimo
DANÇA DAS LETRAS
DANÇA DAS LETRAS Victor Jerónimo Com P criamos uma poesia Ou se escreve o A de amor, Também se...
Enviado por victor_jeronimo
em 24/02/2008 04:53:09
Offline
victor_jeronimo
A MUSICA PAIRA NO AR
A MUSICA PAIRA NO AR Victor Jerónimo Musica dos deuses, arte das musas, Donde nasceu esta arte d...
Enviado por victor_jeronimo
em 24/02/2008 04:47:56
Offline
victor_jeronimo
A ESCRAVIDÃO NA VIDA
A ESCRAVIDÃO NA VIDA Victor Jerónimo Quem cala a sua ira já consente a escravidão na vida invadi...
Enviado por victor_jeronimo
em 24/02/2008 04:35:07
Offline
victor_jeronimo
NATUREZA
<br />Victor Jerónimo Portugal/Brasil Abrimos o nosso coração à beleza transcendemo-no...
Enviado por victor_jeronimo
em 21/02/2008 03:02:51
Offline
victor_jeronimo
PRECE
<br />Victor Jerónimo (Portugal-Brasil) Vedes Senhor Como meu coração Rejubila nas p...
Enviado por victor_jeronimo
em 21/02/2008 02:58:04
Offline
victor_jeronimo
TUDO SE ESVAI
<br />Victor Jerónimo Portugal/Brasil A ternura de um tempo que foi passado esvai-se n...
Enviado por victor_jeronimo
em 21/02/2008 02:52:45
Offline
victor_jeronimo
OS VELHOS
<br />Victor Jeronimo Portugal/Brasil Passa a vida, passa o tempo e o pensamento Pass...
Enviado por victor_jeronimo
em 21/02/2008 02:47:31
Offline
victor_jeronimo
In foro conscientiae(*)
<br />Victor Jerónimo Portugal/Brasil Grandes homens houve de valor no meu belo e pequeno...
Enviado por victor_jeronimo
em 20/02/2008 03:33:59
Offline
victor_jeronimo
O PESO DO OURO
<br />Victor Jerónimo Portugal/Brasil Sinhõ... pão por Deus. Minha mãe tá tuberculosa Meu ...
Enviado por victor_jeronimo
em 19/02/2008 05:30:46
Offline
victor_jeronimo
UMA ROSA E UM MENINO
<br />Victor JerónimO Portugal/Brasil Era uma vez, uma rosa pequenina, que ficou perdida n...
Enviado por victor_jeronimo
em 19/02/2008 05:28:07
Offline
victor_jeronimo
O CARVOEIRO
<br />Victor Jerónimo Portugal/Brasil Não havia o que comer e beber quase também não. Era ...
Enviado por victor_jeronimo
em 19/02/2008 05:21:26
Offline
victor_jeronimo
RECORDAÇÕES
<br />Victor Jerónimo Portugal/Brasil Aqueles três meses de ferias escolares eram sempre a...
Enviado por victor_jeronimo
em 19/02/2008 05:18:17
Offline
victor_jeronimo
SAUDADE
<br />Victor Jerónimo Portugal/Brasil Saudade que me apertas o peito feita tenaz numa sup...
Enviado por victor_jeronimo
em 18/02/2008 02:45:09
Offline
victor_jeronimo
ÓBITO: OVERDOSE
<br />Victor Jerónimo Portugal/Brasil Era um menino de boas famílias, Daquelas que têm ...
Enviado por victor_jeronimo
em 18/02/2008 02:41:19
Offline
victor_jeronimo
VITIMAS INOCENTES
<br />Victor Jerónimo Portugal/Brasil Enquanto os seus filhos choram o monstro abre as as...
Enviado por victor_jeronimo
em 18/02/2008 02:37:44
Offline
victor_jeronimo
SILENCIO... SILENCIO SANTO (*)
<br />Victor Jerónimo Lisboa/Portugal Silêncio... silêncio santo... Mas não sepulcral ...
Enviado por victor_jeronimo
em 18/02/2008 02:32:55
(1) 2 »