https://www.poetris.com/

 
Offline
armando_oshiro
a procura de uma pessoa...
a procura de uma pessoa... não procuro, e nem saberia eu nada procurava antes de ti tu és o dia ...
Enviado por armando_oshiro
em 08/01/2018 21:05:44
Offline
armando_oshiro
A tudo a gente se acostuma
A tudo a gente se acostuma e assim, de tanto se acostumar a tudo, se acostuma a não sentir até a ...
Enviado por armando_oshiro
em 22/12/2017 18:59:01
Offline
armando_oshiro
Quando o dia, no amanhã, for despedida
De um som que se aproxima nas calçadas Meus tremores dos teus passos pelo corpo O sonho em seduzi...
Enviado por armando_oshiro
em 22/11/2017 22:50:45
Offline
armando_oshiro
o amor só tem um nome
enquando me amo em ti o amor só tem um nome breves à vida saberemos e ainda te amas em mim em s...
Enviado por armando_oshiro
em 17/11/2017 19:22:57
Offline
armando_oshiro
no sonho da poesia
não peças ao teu corpo que me olhes nem em tuas curvas irei perder-me no arrepio da tua pele pers...
Enviado por armando_oshiro
em 14/11/2017 19:06:36
Offline
armando_oshiro
a beleza era mulher, ainda menina
tanta piedade se peço por uma mulher de tão perdida se embeleza e se perdeu já morreu num falso a...
Enviado por armando_oshiro
em 10/11/2017 21:54:41
Offline
armando_oshiro
Ame-se! Você vai precisar de seu amor
Ame-se, você vai do precisar do seu amor. "Porque a sociedade trocou a presença pelo virtua...
Enviado por armando_oshiro
em 05/11/2017 01:08:23
Offline
armando_oshiro
Eu tenho um segredo pra te contar
Convivemos com um dos maiores desafios da modernidade. Todos querem ser ouvidos, todos falam de s...
Enviado por armando_oshiro
em 19/06/2017 02:17:03
Offline
armando_oshiro
ainda que as noites sejam longas
quando o teu olhar pousa na boca no contorno dos lábios se faz rosa por mais que a respiração con...
Enviado por armando_oshiro
em 19/06/2017 02:11:09
Offline
armando_oshiro
um dia a gente aprende que só se pode amar no outro
~.~.~ um dia a gente aprende que só se pode amar no outro um dia a gente aprende que amar vale a...
Enviado por armando_oshiro
em 08/08/2016 02:41:39
Offline
armando_oshiro
Naquela tarde em que não roubei um beijo teu
~.~.~ Naquela tarde em que não roubei um beijo teu Quando partes de mim se unem sempre numa lemb...
Enviado por armando_oshiro
em 31/07/2016 00:33:33
Offline
armando_oshiro
serás sempre o que te quero
~.~.~ serás sempre o que te quero as palavras que nascem da vida como soubessem do eterno nos m...
Enviado por armando_oshiro
em 05/07/2016 16:06:41
Offline
armando_oshiro
não permitas que somente a vida aconteça
~.~.~ não permitas que somente a vida aconteça só em teus braços componho melodias construo-me ...
Enviado por armando_oshiro
em 04/07/2016 02:13:51
Offline
armando_oshiro
nas mil folhas do meu imaginário
~.~.~ nas mil folhas do meu imaginário diga-me qualquer coisa o meu querer é a tua voz rouca ...
Enviado por armando_oshiro
em 02/07/2016 15:43:56
Offline
armando_oshiro
como soube te amar naqueles dias
~.~.~ como soube te amar naqueles dias em todas as mulheres te procuro nem que sejas por um ges...
Enviado por armando_oshiro
em 01/07/2016 19:55:25
Offline
armando_oshiro
a flor - soneto - Aquazulis - Luís R Santos - Lisboa - Portugal
~.~.~ a flor a flor que ao meu lábio a roçar se atreve deixa rastros de singular perfume, que ...
Enviado por armando_oshiro
em 28/06/2016 01:48:15
Offline
armando_oshiro
por mais que sejas por um dia
por mais que sejas por um dia por mais que a imaginação a tenha e meu tempo de emoção se cale su...
Enviado por armando_oshiro
em 18/06/2016 07:39:16
Offline
armando_oshiro
sabe teu coração em profundo silêncio
sabe teu coração em profundo silêncio se fossem embora os dias nos adoráveis momentos de ternura...
Enviado por armando_oshiro
em 12/06/2016 07:06:36
Offline
armando_oshiro
entre o meu silêncio e a tua alegria
entre o meu silêncio e a tua alegria nunca mais foi possível ser apenas um ser em teu brando olh...
Enviado por armando_oshiro
em 07/06/2016 08:51:52
Offline
armando_oshiro
a mulher passa na alvura
a mulher passa na alvura e venha à luz, raios de sol transmutando faces à lua teu corpo, o insta...
Enviado por armando_oshiro
em 05/06/2016 18:23:42