https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

sabe teu coração em profundo silêncio

 
sabe teu coração em profundo silêncio
 
 
sabe teu coração em profundo silêncio

se fossem embora os dias
nos adoráveis momentos de ternura
caminhos d'água pelas terras
a nossa cumplicidade entre o ar e o fogo
no doce amar das noites de clarim

não sei o que seria da chuva
da brevidade afoita nas peles
o amor umedecido pelos poros
na inexorável sedução das marés
e a paixão solta nos mistérios

não deixarás de ser saudade
uma esperança de todo dia
o colher no paraíso a tua flor
num desejoso anoitecer
tão sublime és na felicidade

quando se forem no infinito
o que és, a minha memória
apenas as palavras de melancolia
restarão sobre o finito a nostalgia
sem ti, memória, sou apenas o nada

tua alma triste que nunca soube
do meu amanhã impossível de coragem
paira na nuvem o desejo de chuva
desejo imprescindível de um beijo
são os róseos lábios da tua cumplicidade

as lágrimas choram dos desertos
gotas de um cristal sem brilho
a tristeza insiste serena sobre a vida
emociona o coração a contemplar-te
são nas marés as vagas melancolias

cedo viestes de onde fui tão tarde
e a chuva insiste num canto brando
tarde cheguei d'onde tu não viestes
e meu desatino num silencioso pranto
o nascer tardio de um sentimento

o amor desperta em triunfo de sangue
eis-me nu, nascido da esperança
uma vida num entardecer constante
eis-me nu, morto entre palavras abertas
sobre o corpo paixões sem noites e auroras

e a chuva escorre pelo corpo
desvenda os teus segredos e mistérios
molham nos teus lábios a aragem
deslizam teu sabor a água pela terra
há um segredo de chuva em teu olhar

no teu amar há o verão imprescindível
nos caminhos das estações em teu corpo
quando tu floresces a felicidade
e no outono da melancolia tu aguardas
a brancura e fria neve dos invernos

sabe teu coração em profundo silêncio
quanto nos falta um abraço de ternura
na morte há um amor desesperado
murmúrios atormentados de segredos
e em teu segredo de amor agora sei

há um segredo de adeus em todo amor


"não se distraia desejando ou rejeitando o feio ou o bonito, o atraente ou o repugnante. sejas o melhor de si aos outros, pois irás conviver com aqueles que te merecem."

http://interludioepoesias.blogspot.co ... nato-astor-piazzolla.html
http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/5430736

~.~.~
música:
https://youtu.be/Vxc_1qNEe38
Oblivion Project Debut Recordind - http://oblivionproject.com/
THE OBLIVION PROJECT is dedicated to the performance of the music of Astor Piazzolla. Over the past decade we have appeared in concert halls and jazz clubs for very enthusiastic audiences.
https://www.youtube.com/channel/UCNWhrAKh3qRkoSIDdwqpACQ
imagem:
ALMEIDA JÚNIOR
Título da Obra: Saudade, 1899
http://www.pinacoteca.org.br/pinacote ... &c=acervo&letra=A&cd=2335
Data de Aquisição: 1982
Técnicas e Dimensões: óleo sobre tela, 197 X 101
Procedência: Doação, de Leonor Mendes de Barros
 
Autor
armando_oshiro
 
Texto
Data
Leituras
378
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
0
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.