http://www.sendoluzmaior.com

 
(1) 2 3 4 ... 11 »
Textos deste autor
Offline
elendemoraes
"O Poeta é um fingidor"?
"O Poeta é um fingidor"? Elen de Moraes Kochman Nessas noites solitárias, quando revi...
Enviado por elendemoraes
em 05/02/2015 03:49:10
Textos deste autor
Offline
LineLua
O pipoqueiro
Se instalando lentamente Foi, enfim, decretada A loucura generalizada Ou a normalidade proclamada...
Enviado por LineLua
em 05/12/2014 00:57:41
Textos deste autor
Offline
JennyMarcelle
Vidas paralelas
CAP I Num movimento brusco e impensado, Sara repuxou para trás os longos cabelos. Olhou mais uma...
Enviado por JennyMarcelle
em 14/11/2014 13:07:49
Textos deste autor
Offline
Angy
(Escrito na hora)
A brisa do teu hálito no meu pescoço um arrepio na barriga um calor à flor da pele teus dedos há...
Enviado por Angy
em 21/10/2014 03:21:22
Textos deste autor
Offline
Salvador
Lábios Carnudos
Outrora senti os lábios carnudos O toque das bocas que se tocaram O calor libertado pelo contacto...
Enviado por Salvador
em 21/09/2014 22:01:11
Textos deste autor
Offline
Egnancio
Possua-me
Possua-me insaciavelmente Toma-me robustamente Controlando sentidos meus Coloca-me na tua jaula D...
Enviado por Egnancio
em 13/09/2014 21:00:53
Textos deste autor
Offline
Salvador
Despida flutua em pensamentos
Flutuas nua em pensamentos coloridos, mergulhada em memórias temperadas por doces aromas, perf...
Enviado por Salvador
em 07/09/2014 21:46:00
Textos deste autor
Offline
Nanda
Contramão
Ando nas patas traseiras Caminho em contramão Quase nunca me oriento Em mim um rol de asneiras Me...
Enviado por Nanda
em 24/08/2014 13:03:16
Textos deste autor
Offline
Dandy
Sede de você...
Divaguei nas asas da ilusão sobrevoei vales, desertos e montanhas... O suor corria pelo ro...
Enviado por Dandy
em 25/07/2014 16:10:41
Textos deste autor
Offline
annay
Loucura
Quando chegas de mansinho com a barba por fazer encostas teu rosto ao meu arrepias-me a pele e...
Enviado por annay
em 12/07/2014 01:33:05
Textos deste autor
Offline
Robertojun
DEIXEM-ME SÓ
DEIXEM-ME SÓ Bailam em meu quarto espectros miseráveis, Pulam, gritam, falam frases embaralhadas...
Enviado por Robertojun
em 08/07/2014 08:09:39
Textos deste autor
Offline
Betha Mendonça
Canto da Loucura sem Cura
Canto da Loucura sem Cura by Betha Mendonça Canto pelo silêncio das engrenagens dentro da min...
Enviado por Betha Mendonça
em 14/06/2014 21:10:05
Textos deste autor
Offline
Robertojun
VERA
Vera varria a varanda e ria, De forma estranha em demasia, ...
Enviado por Robertojun
em 05/06/2014 17:28:12
Textos deste autor
Offline
MarySSantos
palavra vadia
foges, foges de mim, e nada posso fazer foges dos amanses, dos aparos dos arrebites rejeitas o d...
Enviado por MarySSantos
em 17/04/2014 15:13:20
Textos deste autor
Offline
TrabisDeMentia
Ser poeta
- Os poetas são todos loucos, Loucos, loucos como eu e tu - Ah, mas eu não sou poeta! - Estás é p...
Enviado por TrabisDeMentia
em 01/04/2014 22:01:28
Textos deste autor
Offline
rosafogo
Este é o poema...
Este é o poema onde tu me despes como se fosse tua, onde me sinto nua e crua. Da tua boca saem...
Enviado por rosafogo
em 17/03/2014 16:56:33
Textos deste autor
Offline
sendoluzmaior
Eternidade embaralhada
Navego em barco de comando desconhecido Onde não há presente, passado ou futuro Até onde a visão ...
Enviado por sendoluzmaior
em 11/03/2014 03:36:54
Textos deste autor
Offline
Takamine
Melancólica
Na névoa invisível de tristeza do meu mundo, Nas paredes brancas de agonia Aquecendo minha fria c...
Enviado por Takamine
em 01/03/2014 20:14:04
Textos deste autor
Offline
Betha Mendonça
Demência
Demência by Betha Mendonça Queria ter doçura de fruta Que se oferta na estação Ser letra de m...
Enviado por Betha Mendonça
em 11/12/2013 21:53:24
Textos deste autor
Offline
jomadosado
Eu bem lhes disse…É loucura
É atroz e desafiante ao mesmo tempo reconfortante, cinco anos aqui…sozinho comigo nesta prisão de...
Enviado por jomadosado
em 29/11/2013 12:53:45
(1) 2 3 4 ... 11 »
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...