https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Surrealistas : 

MULHER MADURA.

 
A mulher madura nada no tempo e
flui com a serenidade de um peixe,
O silêncio em torno de seus gestos
Tem algo do repouso da garça
Sobre o lago...

Pelos parques da cidade,
Discretamente perfumadas, com seus filhos
Quando as sereias se banham e saem
Repousante às quatro horas da tarde
A mulher madura é um ser luminoso...

Ela é assim: tem algo de orquídea
Seu olhar sobre os objetos não
É de gula ou de concupiscência,
Seus olhos não violam as coisas,
Mas as envolvem ternamente...

Dos amores mais doces e envolventes,
Ela é uma mestra, sensual e recatada,
Há uma serenidade nos seus gestos,
Antes da cama... uma Dama,
Mas no amor....Uma Felina...

llayra.



Open in new window




 
Autor
llayra
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1685
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.