https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Metade besta, metade Homem

 
Tags:  ciÚme    obsessão  
 
Metade besta, metade Homem
vagueia enlutado por ai
na calada turbulenta da vida
querendo sugar o teu corpo
possuir a alma
na escuridão

Mórbido
estrangula os que
bradam em delírio,
que amam de coração

Em completa alucinação
confunde, desorienta
anseie e cega
num olhar de esganação

Espicaça
o pensamento obcecante
como um açaime
oculto na posse.
do “amor” disfarçado
de obsessão

É sempre assim
quando o ciúme é produto
de mordaz
obstinação

mata qualquer relação
 
Autor
Liliana Jardim
 
Texto
Data
Leituras
1542
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
6
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
CLEIDEYAMAMOTO
Publicado: 03/05/2010 01:25  Atualizado: 03/05/2010 01:25
Da casa!
Usuário desde: 27/03/2010
Localidade: Pindamonhangaba-SP-Brasil
Mensagens: 226
 Re: Metade besta, metade Homem
O ciúme quando moderado, ele demonstra amor, cuidado, tempera a relação, mas quando passa do limite, já é estado de possessão, sentimento incontrolável.

Um tema importante, abordado com linda construção poética, Liliana.

Ótima semana pra você,

beijo

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/05/2010 03:01  Atualizado: 03/05/2010 03:01
 Re: Metade besta, metade Homem
Poema forte e decidido perante a irracionalidade destrutiva muito bem caracterizada poeticamente
bjs
nuno

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 03/05/2010 09:04  Atualizado: 03/05/2010 09:04
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Metade besta, metade Homem
A obsessão é sempre doentia e o ciume é sem dúvida determinante para que que seja vitima se canse porque é sobretudo uma falta enorme de confiança.
Mais um poema forte, letal, que gostei de ler.
Beijo
Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/05/2010 23:31  Atualizado: 04/05/2010 23:31
 Re: Metade besta, metade Homem
Pura verdade muito bem escrita, excellent poema! Parabéns!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/05/2010 02:14  Atualizado: 05/05/2010 02:14
 Re: Metade besta, metade Homem
O ciume doentio é fatal em qualquer relação. Em doses equilibradas apimenta e estimula o amor.

Muito bom Lili.

Beijo azul

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 07/05/2010 22:48  Atualizado: 07/05/2010 22:48
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: Metade besta, metade Homem
Lili,
Um poema que acusa uma grande verdade.
Beijinhos
Nanda