https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

indomável

 

Open in new window


Como brincar com a vida,
se ela faz cara de brava,
como sorrir para o amanha,
se ele tem cheiro de medo.
Como ser mais eu, se somos tantos...
Vida, que por um fio se transforma em nada,
que por um fio se transforma em vida.
Vida que sorri das lagrimas , que te embala, a
mesma que te mata.
Vida que faz pirraça, que chora no mesmo laço
que te adora.
Vida, que não sabemos o quanto temos, o quanto
percebemos, o quanto merecemos.
Vida, pequena indomável...
Quando pensamos em tempo, ela brinca de não ser exata,
quando pensamos em fim ela mostra outras estradas.
Esta mesma, que por voltas e reviravoltas nos ensina o próximo ato,
ensaia a cena, despi o medo, acorda e brinca de vitória.
Sim, somos pássaros de um voo terreno, que busca o vento sorrateiro,
somos caca e caçador de nosso próprio destino derradeiro.
A vida planta sementes para ficar, nos continuamos
na busca de achar...


Adverso_Si
Desejos de Corpo e Alma

 
Autor
ADVERSO
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1571
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 14/06/2010 12:51  Atualizado: 14/06/2010 12:51
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: indomável
Como gostei de te ler!
Poesia para reflectir, quanta palavra bela e quanta verdade nela, parabéns, muito bem escrito.

É a primeira vez, mas voltarei para te ler.
beijo
rosa