https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

SAUDADE EMINENTE

 
Open in new window
Hoje ao acordar olhei-me no espelho
percebi em meus olhos uma certa melancolia
Agonia de querer e não poder de estar longe
porém, sentir. Minha alma chorosa transfigura
meu coração em dor, sinto falta do meu amor.

Chega a noite meu coração se desperta
A saudade no meu peito aperta, não há
víveres assim a tristeza invade minh’alma
a angustia me consome tira uma parte de mim.

E nessa saudade lágrimas escorrem banham
minha face, em funestos desabafos
transmuto-me em letras negras, e nesse
repisado compasso perduro.

Não há distância nem tempo tenho você
a todo momento em meu pensamento. E
nessa saudade sigo tentando acalmar a ira
de um vulcão em eminente erupção.


Rosa Righetto

 
Autor
LUALUNA
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2080
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 26/07/2010 17:58  Atualizado: 26/07/2010 17:58
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: SAUDADE EMINENTE
Espelho
que acorda saudades
de um Amor,
emoção que, em boa verdade,
denunciam um Espelho
revela_dor.

1 abraçoo!
_Abilio*