https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

casamento

 
Tags:  culpa    consolo  
 
a culpa
bebe as mãos
doces dela
com devoção
quando ela
olha para ele
e não vê mais
a paixão.

dele,
ela tem o
passado inerte
e a cama fria,
a comida
sem gosto
e poesia.

deitados,
não caçam
mais delírios,
não tocam
mais o que
deveriam tocar.
deitados,
desaprederam
as obrigações.

a culpa somente
ela carrega.
mas ela nega,
sempre nega
o desvario,
o cio
que tantos
outros entendem.

ele é um
sofá, um pedaço
de bolo.
ele nem serve
mais como
consolo.


Chiara


ainda não aprendi como assinar... as letras ainda me assustam...Open in new window


 
Autor
Chiara
Autor
 
Texto
Data
Leituras
745
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Karla Bardanza
Publicado: 14/11/2010 13:23  Atualizado: 14/11/2010 13:23
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2007
Localidade:
Mensagens: 3491
 Re: casamento
Alguns casamentos podem ser resumidos assim.

Beijo


Karla B