https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Canto e o mal espanto

 
Tragicamente derrubei, o medo
E teci, as malhas dum poema puro
Ansiei, um amor sadio e seguro
Imaginei, um futuro em segredo.

Carente, derrotei, a fantasia
E eu teci, as teias desta amargura
E ameiguei, a paixão, a ventura
E adicionei o tempero na poesia.

Por acidente teci eu, esta escrita
escrevi com pena a gratidão de mim
Com magia supri a mágoa da emoção.

Desta voz, que tanto fala! E grita
No pleno derradeiro, deste meu fim
Eu ergo, em mastro firme, esta canção.

 
Autor
mariagomes
 
Texto
Data
Leituras
1699
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
34 pontos
26
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 17/04/2011 17:12  Atualizado: 17/04/2011 17:12
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4211
 Re: Canto e o mal espanto
Mariagomes

Um soneto que falas de ti!Que lindo!
Já estava sentindo tua falta minha querida.

Mil beijos
Varenka


Enviado por Tópico
Mariaa
Publicado: 17/04/2011 17:12  Atualizado: 17/04/2011 17:12
Colaborador
Usuário desde: 23/08/2009
Localidade: Braga
Mensagens: 2621
 Re: Canto e o mal espanto
E continues amiga
a espantar o mal assim
com uma e outra cantiga
do teu sonhar sem fim
num profuso jardim
e com as forças reunidas
para outras tantas vidas!

N BEIJOS E MIL ABRAÇOS SIDERAIS
DA AMIGA AO DISPOR,
Maria«*+*» «*+*»


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/04/2011 17:32  Atualizado: 17/04/2011 17:32
 Re: Canto e o mal espanto
amiga poetisa tu faz falta nesse site, ler-te é sentir a mais pura essência dos belos sonetos e poesias...
"quem canta seus males espanta"...rs gostei
"Desta voz, que tanto fala! E grita
No pleno derradeiro, deste meu fim
Eu ergo, em mastro firme, esta canção".
beijo grande
Nina


Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 17/04/2011 17:36  Atualizado: 17/04/2011 17:36
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: Canto e o mal espanto
Querida Amiga
Poetisa Maria!

Salve ela a rainha dos sonetos!
Este está belíssimo amiga!
Não foi por acidente que teceu esta escrita e sim por ser uma grande poeta!
Bjinhos
Carol
Open in new window

Espero te ler mais seguido


Enviado por Tópico
Egéria
Publicado: 17/04/2011 17:51  Atualizado: 17/04/2011 17:51
Da casa!
Usuário desde: 28/09/2009
Localidade:
Mensagens: 293
 Re: Canto e o mal espanto
E com este belo soneto fez mesmo magia...
Beijos


Enviado por Tópico
belarose
Publicado: 17/04/2011 18:06  Atualizado: 17/04/2011 18:07
Colaborador
Usuário desde: 28/10/2010
Localidade:
Mensagens: 9026
 Re: Canto e o mal espanto
Boa tarde! Maria

Esta belo seu soneto amiga parabéns! Destaco:

Carente, derrotei, a fantasia
E eu teci, as teias desta amargura
E ameiguei, a paixão, a ventura
E adicionei o tempero na poesia.


Open in new window


Beijos


Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 17/04/2011 18:09  Atualizado: 17/04/2011 18:09
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: Canto e o mal espanto
agitem-se os corações
aos cantico das emoções

Um abraço0!

Abilio


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/04/2011 19:04  Atualizado: 17/04/2011 19:04
 Re: Canto e o mal espanto
Estimada poetisa Maria,

Que soneto maravilhoso. Adoro vir ler-te...adoro sonetos e aqui se aprende a construí-los com tua maestria..Obrigada pela partilha.
Bjs, ALICE


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/04/2011 23:06  Atualizado: 17/04/2011 23:06
 Re: Canto e o mal espanto
Simplesmente maravilhoso! O final, entao, primoroso! Gosto imenso de a ler! Parabens, querida poetisa! Abraco poetico!


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 17/04/2011 23:12  Atualizado: 17/04/2011 23:12
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Canto e o mal espanto
Olá Maria,
do belo soneto que acabo de ler
destaco este terceto.

"Por acidente teci eu, esta escrita
escrevi com pena a gratidão de mim
Com magia supri a mágoa da emoção."

A emoção vinca-se na limpidez das palavras,
Bjs
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
FalcãoSR
Publicado: 18/04/2011 10:01  Atualizado: 18/04/2011 10:01
Colaborador
Usuário desde: 30/06/2006
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 2785
 Re: Canto e o mal espanto
Maria,

O soneto é muito lindo, tratando-se de você não é novidade, mas só não gostei dessa parte:

"No pleno derradeiro, deste meu fim"

Fiquei triste e sei que vc. não quer abater um falcão sem gastar munição.

Nada de fim!


Beijos


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/04/2011 10:56  Atualizado: 18/04/2011 10:56
 Re: Canto e o mal espanto
Belo como sempre ,amiga Maria!
Obrigada pela partilha!
Parabéns!
Abraços!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/04/2011 12:28  Atualizado: 18/04/2011 12:28
 Re: Canto e o mal espanto
Foi maravilhoso poder ler-te neste soneto!Parabéns!Abraços!