https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Tristeza

 
Quem dera ter o poder
De transportar esta tristeza
Para longe do céu visível
Para que se esfumasse
Em nuvens de entusiasmo e mansidão

Quem dera que a tua tristeza
Se confundisse com a minha
E juntos iniciássemos a viagem das essências
Deixássemos para trás um mundo de criaturas
Famintas de alimento e de amor
Explodindo em incongruências!

Talvez assim a tua alma e a minha
Descansassem deste respirar sem sentido
E finalmente se abrissem de coração benévolo
Servindo de guia aos que sem luz caminham
Pensando desfrutar do melhor dos mundos

Quem dera não sentir mais esta estranheza
Quem dera não ter que soltar da garganta
O grito profundo e sofredor da mãe natureza
Quem dera que a justiça não fosse lenta
Quem dera que as minhas mãos
Não estivessem vazias
Quem dera que o laço da corda feita maldade
Que me atrofia a garganta
Fosse apenas o colar da vida
Feita solidariedade…
 
Autor
AnaMariaOliveira
 
Texto
Data
Leituras
713
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/06/2011 13:34  Atualizado: 04/06/2011 13:34
 Re: Tristeza
Tão intenso... tão dentro... tão meu.
perfeito poetisa. Beijos

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 05/06/2011 00:08  Atualizado: 05/06/2011 00:08
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: Tristeza
POETISA AQUI EM POUCO FALAR, SENTIMENTOS TRISTES DE UM VERDADEIRO AMAR.

QUANTA MARAVILHA DEIXO MEU ABRAÇO

EU MARTISNS