https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Era uma vez o homem

 
Era uma vez uma criança
De inteligência
Dotada,
Caminhou, caminhou
E encontrou uma estrada.
Era o futuro:
Com um principio
Talvez
Mas sem meio nem fim
A não ser que imaginado.
A criança olhou, olhou …
E continuou
Nesse caminho sem regresso.
Virado para a frente
Passou um vizinho
Declarou-se progresso,
Era algo diferente!...
A criança gostou
E pensou:
“Sem o caminho encurtar,
Vais o passo acelerar
Vou contigo!...”
Sem pensar no perigo
A criança ambiciosa
Tornava
Sua caminhada perigosa …
Uma paragem…
Um invento…
O progresso parava
A criança o alimentava
Com o pensamento.
O ritmo aumentou
E o pequeno ser
Pensativo
Com medo de sofrer
Gritou
Ao companheiro
Incontrolado:
“Eu quero chegar vivo
Vamos com mais cuidado!..”


Nascer para ser feliz

 
Autor
bloackt
Autor
 
Texto
Data
Leituras
999
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gilberto
Publicado: 13/10/2007 00:54  Atualizado: 13/10/2007 00:54
Colaborador
Usuário desde: 21/04/2007
Localidade: V.Nde GAIA-Porto
Mensagens: 1804
 Re: Era uma vez o homem
"O sonho comanda a vida". Já dizia António Gedeão.
Claro, que com passos certos e sensatos.
Mas para se construir o futuro, mais justo e solidário.
Por vezes, temos que cometer alguns erros pelo caminho.

Belo texto de reflexão!

Um abraço