https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

*Amor*

 

(...)
E eu poderia dizer o que é o amor… Poderia roubar essas mesmas palavras,
Que um louco deixou fugir enquanto mirava a Lua a sorrir,
Recordando tempos de amar.
E eu proclamaria palavras que não são minhas, falando do amor que não conheço.
E no qual desejo quando toco a tua alma com o meu olhar, quando nela vejo o teu espelho, o teu sorriso que me faz querer acreditar que vale a pena esperar…
Não só uma Lua, ou duas… Mas esperar que o universo se refaça e te volte a encontrar.
E queimar a minha pele ao sentir nela a tua!
Soltando a essência que busco no fundo desse teu eterno olhar…
AH! Como gostaria de escrever amor e de saber como o definir!
Mas desconheço esse mesmo amor, desconheço tal sentir…
Mas se soubesse clamá-lo amor, eu encontraria nele cada linha do teu corpo,
E nele desenharia um poema com a tua forma, e a tua cor…
Sim a cor! Não a cor dos teus olhos, mas a cor que vigio ao te olhar…
E nesse mar tão escuro, tão opaco, encontrar a luz que me guia mais fundo, penetrando em cada onda…
E balançar com cada onda, com cada desejo que encontraria em cada beijo que sentiria sem te tocar.
AH! Como gostaria de escrever amor e de saber como o definir!
Mas desconheço esse mesmo amor, desconheço tal sentir…
Por isso morro e desfaço-me nessa praia,
Ansiando por o teu mar me tocar,
E nessa mesma onda, o amor vir a encontrar.


Marlene Carneiro




O meu blog: http://ghostofpoetry.blogspot.com


Open in new window


 
Autor
Ghost
Autor
 
Texto
Data
Leituras
705
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
8
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
kripy
Publicado: 05/10/2011 18:29  Atualizado: 05/10/2011 18:29
Colaborador
Usuário desde: 26/05/2010
Localidade:
Mensagens: 3001
 Re: *Amor*
o amor..o mesmo mar onde nasce nossos sonhos e naufragam nossas realidades...adorei seu poema..


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 05/10/2011 19:07  Atualizado: 05/10/2011 19:07
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9305
 Re: *Amor*
Boa tarde Marlene, sua personagem está sucumbindo por conta de um amor carnal ao qual ela nem sabe denominar, mas padece da sua devastação sobre o seu ser, parabens pelo seu instigante poema, MJ.


Enviado por Tópico
Transversal
Publicado: 05/10/2011 21:07  Atualizado: 05/10/2011 21:07
Colaborador
Usuário desde: 02/01/2011
Localidade: Fortaleza - Lisboa
Mensagens: 3687
 Re: *Amor*
"e eu poderia dizer o que é o amor
e nessa mesma onda
desenharia um poema com a tua forma, e a tua cor
poderia roubar palavras
mas desconheço (amor)
(mas anseio) por o teu mar me tocar.

Agora, como descrever o amor...há palavras que não precisam de se definir, sentir chega, mesmo que o sentir esteja longe.

Excelente

Abraço-te


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/10/2011 22:59  Atualizado: 05/10/2011 22:59
 Re: *Amor* para GHOST
teu S entir que me toca porque S into assim.

Belo!

Meu S orriso na tua Alma.

Beijinho tb.

AM