https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Humor : 

felizmino baltazar

 
Tags:  humor    aniversário    baltazar  
 
Felizmino Carteirista

Felizmino Baltazar,
Era um homem ambicioso,
O que em momentos vários
O tornava bem perigoso.

Consigo tinha um fraco...
O dinheiro essa vil coisa,
Que espalha o seu veneno
Em tudo aquilo em que poisa

Foi expulso uma vez da creche
Por roubar a professora..
E o vicio que o tentou
perseguiu-o vida fora.

A mais recente façanha,
Passou-se já na cadeia...
Roubou a um pobre guarda
Todo o seu pé de meia.


Julgando Oh ilusão!
Que o expulsavam também,
Mas pelo castigo que teve,
Não roubaria ele vintém.

Há dias findou a pena,
E com pena fui visitá-lo.
Quem o pôs daquela forma
Merecia era um estalo.

Vi Felizmino chorando,
Triste e arrependido.
Ainda havia quem dissesse
Ser um caso já perdido.

Para mim agora é exemplo,
De vida leal e ordeira.
Só lamento no regresso...
Ter perdido a carteira...


 
Autor
sobreirinho
 
Texto
Data
Leituras
617
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.