https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Magnitude

 
Temos uma conquista
Na nossa criação
Onde não chega a vista
Chega a imaginação.

Quando estou sozinho
No céu estrelado
Com estrelas e lua
Eu converso
Sobre a intrigante noção
De distância e imensidão
Do universo,
Comparo-a até com a pequenez
Minha e tua
No nosso cantinho
Quando estou sozinho
E tu não vês.

E se não te vejo
Uso um forte desejo
Neste céu aberto,
No ar, há solidão
Já diminuída,
A pequenez vai esquecida
E de imaginar
Já te vejo perto
Do meu coração.

Não distante
Como qualquer gente
Com qualquer problema
Que fica indiferente
À magnitude universal
Atitude tal
Que em seu instante
Nos faz tão mal.

A imaginação
É visão no que se não vê
É mente no que se sente
E ouvido no que se lê
É magna ponte
Em largo horizonte
Que nos amplia
A alegria.

bloackt:


Nascer para ser feliz

 
Autor
bloackt
Autor
 
Texto
Data
Leituras
670
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/10/2007 09:48  Atualizado: 31/10/2007 09:48
 Re: Magnitude
SEU POEMA TEM MAGNITUDE SUPER EXCELENTE, SUA IMAGINAÇÃO É FERTIL E BELA, É A VISÃO QUE NÃO SE VÊ, É A MENTE NO QUE SE SENTE, É O OUVIDO NO QUE SE LÊ É A MAGNA PONTE QUE NOS TRAZ A ALEGRIA DE VIVER.