https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Alegria : 

ANOITECER SOB CHUVA

 
Tags:  poeta  
 






Ontem, ao terminar a chuva, fitei o Céu!
As estrelas foram chegando ordenadas...
Até o luar quis aparecer na hora errada,
E figurou apenas um acinzentado a léu!

Solitariamente, sai com destino ignorado,
Pois a quietude da noite me transladava
Para lugar sensual, para mim inusitado,
Com presença de mulheres desnudadas!

O ambiente era profano e esfumado no teto,
As figuras desenhadas representavam fetos...
E copos eram renovados continuamente!

Fiquei enlevado pelo o espetáculo reinante!
Possuído por encanto no espaço dominante,
À predominância de fumaça inconsistente!






 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
1600
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 10/11/2007 17:11  Atualizado: 10/11/2007 17:11
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: ANOITECER SOB CHUVA
São as fugas, mas que bom em espaços tão inebriantes,
corpos desnudos renovados, és terrível Jairo,
um poeta ímpar! Beijos!