https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Amoris

 


As poesias de amor são impossíveis.
E o amor impossível vira sempre poesia.

E eu estou cansado de ouvir de amor!
Se ao menos falassem do Amor! Se ao menos falassem!
Colocam o amor num pedestal ornamentado dos mais absurdos adjectivos e não sabem que o Amor somos nós.

Que se fodam as rosas e as flores e a seda.

A seda é a palma da mão na pele. E a pele treme.

Que se foda o luar sentado à beira mar, numa noite de verão, com os cabelos sedosos a esvoaçarem ao sabor de uma brisa que traz um qualquer cheiro inventado.

O importante é o lugar sentado ao nosso lado.

Se ao menos falassem do Amor.
O Amor é sangue, é ranho e baba.
É rasgar a carne e, depois da dor, voltar a rasgá-la.



 
Autor
freitas.antero
 
Texto
Data
Leituras
734
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
4
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
thiagodebarros
Publicado: 11/10/2012 01:59  Atualizado: 11/10/2012 01:59
Colaborador
Usuário desde: 11/01/2012
Localidade: Brasília
Mensagens: 709
 Re: Amoris
Gostei das tuas letras.
O Tom Zé canta que "O amor é poço onde se despejam lixos e brilhantes".

Abraço,

T. de Barros


Enviado por Tópico
kirinka
Publicado: 13/09/2019 10:37  Atualizado: 13/09/2019 10:37
Colaborador
Usuário desde: 17/03/2015
Localidade:
Mensagens: 787
 Re: Amoris
Caramba!!...como compreendo isso Hoje...mas existem pequenas particularidades, lamechas ou não, que nos fazem florear e aromatizar a "coisa".

Isto que tens aqui...é acção!!...o real que muitos (Homem/Mulher) querem, mas depois fogem!

e numa concordância em absoluto:

" A seda é a palma da mão na pele. E a pele treme. "


Abraço da Luka