https://www.poetris.com/
 
Crónicas : 

O ROSTO DA VIOLÊNCIA

 
Se a violência não tem uma residência fixa, também não são reconhecíveis facilmente, as suas muitas faces. Quem pode dizer que por trás de um belo sorriso "amigo" não esteja embutido um ato de injustiça?
O amor de mãe, por exemplo, que retém o filho junto a si, com a intenção de protegê-lo dos perigos do mundo, enquanto ele já se sente capaz de buscar novos horizontes ou aquela mão que bate querendo educar, não abusa de seu poder?
E aquele amor imposto, que nos implora atenção, buscando nossa constante dedicação, não nos constrange?
A sociedade que impõe regras, tentando moldar-nos conforme os interesses da classe dominante, não poupando de ataques pessoais àqueles que não seguem seus preceitos, não aprisiona?
A igreja que prega um Deus nem sempre justo, enquanto ameaça os “pecadores” que não aceitam suas doutrinas, não está intimidando?
Na realidade, a violência não tem apenas a cara da arma que dispara contra o indefeso nas mãos do marginal desconhecido. Ou o aspecto de quem viola a privacidade alheia, o corpo do indefeso ou inocente. Não tem só os traços do irresponsável que dirige inconsciente. Ou daquele que invade nossas propriedades e nos faz reféns. O uso da força, o constrangimento físico ou moral, esta inserido nas nossas melhores intenções, nos nossos sentimentos, aparentemente, mais honestos.
A violência tem muitas vozes, muitas mãos e muitas faces, reveladas de muitas formas, desde a agressão física ou moral, até a aparente ternura do gesto que nos faz prisioneiros de sentimentos altamente egoístas. Ela tem a cara da liberdade perdida,consentida ou não, roubada ou entregue espontaneamente para alguém que usou de poder sobre nós.
Na verdade convivemos diariamente com a violência, mas só nos unimos contra ela quando não a vemos sob disfarces. E todos nós, de certa forma exercemos o poder que temos sobre os outros, suavemente...
Rosilayne Vasconcelos

 
Autor
Rosilayne
Autor
 
Texto
Data
Leituras
667
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
3
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
karolis.br@sapo.pt
Publicado: 07/11/2012 22:49  Atualizado: 03/10/2013 20:30
Da casa!
Usuário desde: 17/04/2010
Localidade: Cascais. Portugal.
Mensagens: 368
 Re: O ROSTO DA VIOLÊNCIA
Muito bom!

Parabéns!

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 08/11/2012 08:06  Atualizado: 08/11/2012 08:06
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8222
 Re: O ROSTO DA VIOLÊNCIA
bom dia rosilayne
realmente um texto a ser lido e pensado, até pelas mais "doces" pessoas, porque entre acção e reacção esta é muitas vezes desproporcional, injustificada e até disfarçada de justiça.
excelente reflexão, parabéns
roque

Enviado por Tópico
HelenDeRose
Publicado: 08/11/2012 11:15  Atualizado: 08/11/2012 11:15
Usuário desde: 06/08/2009
Localidade: Sorocaba - SP - Brasil
Mensagens: 2092
 Re: O ROSTO DA VIOLÊNCIA
Gostei da reflexão, Rosilayne.

A violência ou o terrorismo psicológico existe diariamente em nosso meio. Geralmente começa pelas cobranças dos nossos atos, em repressão ou ameaças.

Agradeço por compartilhar.

Helen.