https://www.poetris.com/

 
Offline
roniel.oliveira
Balada calma de um homem comum
Este texto pode ferir a susceptibilidade dos leitores mais sensíveis.
Enviado por roniel.oliveira
em 08/04/2016 01:13:51
Offline
roniel.oliveira
Dias de chuva fazem sangrar
Naquele momento eu descobri uma verdade: noites de chuva fazem sangrar. Contemplando a solidão re...
Enviado por roniel.oliveira
em 06/09/2014 01:39:45
Offline
roniel.oliveira
Sonhos e Esperma
Amaram como amigos, Como meninos, Sabedores da fugacidade do impalpável. E por sabê-lo, por rec...
Enviado por roniel.oliveira
em 30/03/2014 15:47:53
Offline
roniel.oliveira
Sorrisos anorexos
Meus amigos venderam suas almas - não para o demônio, que seria mais digno – Mas para pequenos c...
Enviado por roniel.oliveira
em 07/01/2013 13:49:10
Offline
roniel.oliveira
Ela...
Lá está ela, Magrela, Banguela, Cartela de comprimidos na mão. Sente cansaço, Mormaço, Aço, E...
Enviado por roniel.oliveira
em 06/01/2013 19:47:03
Offline
roniel.oliveira
Televisando
Vejo as cores da loucura Deslizando no aparelho E contraio um vômito informacional. São rostos,...
Enviado por roniel.oliveira
em 02/12/2012 12:56:41
Offline
roniel.oliveira
Insulto
Naquele canto de cidade, Confusa feito ambição proletária, Caminhava entre a overdose e um coraçã...
Enviado por roniel.oliveira
em 18/11/2012 17:44:39
Offline
roniel.oliveira
Tragicomédia Urbana
À Antônio Variações - Andava? - Sim, andava com os gametas ligados - Olhava? - Sim, olhava as pe...
Enviado por roniel.oliveira
em 17/11/2012 18:36:12
Offline
roniel.oliveira
Ícaro Avesso
Antes de morrer, acendeu um cigarro. Como uma fome, uma ereção, Seu corpo sentiu desejo de cânce...
Enviado por roniel.oliveira
em 14/11/2012 13:21:26
Offline
roniel.oliveira
Ilhas Metafísicas
Tomo café e LSD Com os ratos na varanda do hotel. Lá fora, no mundo concreto, Todos estão sós, m...
Enviado por roniel.oliveira
em 11/11/2012 16:21:29