https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Travessia.

 
Uma flanela
brilha o céu,
dá luz às estrelas.

Adormeço.

Na rua, as pedras distraídas
também dormem.
A travessia é mistério.

Nos sonhos, o que quero, não conto.
Nos olhos de contas, fábulas.
É inverno.

O sol demora a acordar.

Dos gravetos, dos relâmpagos,
cinzas e medos.
Fósforos queimados.

A luz habilita meus sapatos.
Sou estrangeiro no novo dia.
Na nova roupa.

Viajo, vigio.

 
Autor
cavenatti
Autor
 
Texto
Data
Leituras
727
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 03/07/2013 23:31  Atualizado: 03/07/2013 23:31
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29228
 Re: Travessia.
Sonhos encantos de um sonhar, o amar

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 04/07/2013 02:30  Atualizado: 04/07/2013 02:30
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16057
 Re: Travessia.
Poeta
Segue uma travessia misteriosa onde se disfarça por cautela! Interessante!
Adorei a leitura! Beijos!
Janna