https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

71 degraus

 
Quando subias a escadaria
em zigue zague
71 degraus
trançando
pra lá e pra cá
Observava
logo atrás
seus passos
cabelos lançados
Naquele
vai e vem
viajei
Lembrei
da fazenda
vi a vaca malhada
de orelhas esparramadas
Subindo
ora sim
ora não
pasto acima
nos fins de tarde
em busca
de satisfação
capim gordura
pra ruminar
saciar o leão.

 
Autor
Mandruvachá
 
Texto
Data
Leituras
429
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
0
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.