https://www.poetris.com/
 
Textos -> Surrealistas : 

sintoma

 
sintoma
 

amanheço e ela ainda está lá e perco-me, quando pela vidraça, galhos retorcidos se enraízam em meus olhos. a mente agita-se muito antes do café, pois do outro lado da rua algo que foi frondoso alicia e prende-me a visão como se fosse espelho refletindo meu eu despaginado, assediando-me nua de histórias, de flores e frutos. enquanto minhas mãos erguem os emaranhados cabelos, fito o corpo ressequido se elevando ao céu - como se pedissem perdão dos pecados - suplicando a volta da carne; ramificado esqueleto sepulto em um vão do céu e estampa-se acima dos telhados como imitando meus bronquiais poluídos e en.carecidos de oxigênio colorido. não. não extinta, ainda, como aquela árvore, porém, por vezes, ergo-me hirta, desconsiderando o embalo do vento, feita espectro diurno que no recluso da noite permite pousos insistentes de pássaros florescendo asas nos pensamentos - vigias noturnos a quererem deixar festivo meu vulto que se amanhece já despido dos idílicos adornos. desvolumado pra reter luz, caminha sem silhueta que se deite sombra pra se arrastar no chão dando certeza da existência. incomoda-me, nas manhãs, a aparência falecida daquela árvore; falida e ainda assim, tão altiva. que nem eu.


poesia; minha palavra preferida

 
Autor
MarySSantos
 
Texto
Data
Leituras
1088
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
48 pontos
18
3
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 17/02/2014 20:19  Atualizado: 17/02/2014 20:19
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15341
 Re: sintoma
Poetisa Mary
Perfeito! Poema de uma ternura indescritível!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
quidam
Publicado: 18/02/2014 12:08  Atualizado: 18/02/2014 12:08
Colaborador
Usuário desde: 29/12/2006
Localidade: PORTIMÃO
Mensagens: 1438
 Re: sintoma
sabe eu também queria ser árvore, falo sério... e depois de ler a sua escrita ainda com mais vontade fiquei... um dia também irei ser árvore... parabens!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/02/2014 12:33  Atualizado: 18/02/2014 12:33
 Re: sintoma
*só sentindo...na alma.
puríssima escrita.
beijoka*


Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 18/02/2014 12:51  Atualizado: 18/02/2014 12:51
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2922
 Re: sintoma
Mary,
Vou lendo e suprimindo a respiração pelas cenas que o texto te leva a ter.
Gosto desse jeito de escrever.
Também como aprendiz, faço da leitura meu alimento, tiro o que acho prejudicial e retenho o que é qualidade.
aqui vi coisa muto boa.
beijo.
Branca


Enviado por Tópico
RayNascimento
Publicado: 18/02/2014 16:53  Atualizado: 18/02/2014 16:53
Membro de honra
Usuário desde: 13/03/2012
Localidade: Monte Roraima - Brasil
Mensagens: 6331
 Re: sintoma
Do sentir a dubiedade
Das folhas secas que caem
E da árvore que teima
Frondosa mente aquecida
E regada pelas águas
Dos teus versos...
E se fazendo completo
Ninho de um passarinho
Que dantes desprotegido
E num ninho adornado
Se fez e se faz muito amado.

Acho que viajei em teus versos,
Linda menina de mãos de fada.

Open in new window


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/07/2014 14:44  Atualizado: 24/07/2014 14:44
 Re: sintoma
vejo que andou lendo o sampaiorego

as árvores aqui estão assim


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/08/2014 15:12  Atualizado: 22/08/2014 15:12
 Re: sintoma
Excelente o paralelo entre o pensamento em si e a visão da "árvore falida" e ainda assim de pé e "ativa". "que nem eu".
Gostei.


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 12/01/2015 19:10  Atualizado: 12/01/2015 19:10
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 8948
 Re: sintoma
Boa tarde Mary, seus versos enredam o poder da natureza em ser fecunda, mesmo diante da sua inexorável precariedade que assola a todos os seres vivos em escala assemelhada, parabéns pelo redundante poema, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 28/07/2016 11:09  Atualizado: 28/07/2016 11:09
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2351
 Re: sintoma
Maravilhoso texto, Mary. Quando entro em sua pagina, sempre sei que vou me deliciar, ou seja com suas poesias, ou com algo que voce escreva. Seus olhos de poeta sao simplesmente fantasticos, uma mistura de coracao com realidade. Ou com sonho/fantasia. Ou seja o que for, adoro o que voce escreve!

Beijos

*Mary Fioratti*