https://www.poetris.com/
 
Frases e Pensamentos : 

O Mundo nas 20h

 
Apetece-me escrever.
Não sei bem o quê, mas apetece-me escrever.

Acabo de vir da janela, são 20 horas e 12 minutos, o céu... deveras fascinante.
Com uma panóplia de cores alaranjadas que se misturam com as várias cores azuladas - de uma escuridão que se aproxima, também ela fantástica, misteriosa.
Adoro quando o céu contempla algumas nuvens.
(Re)Criam-se os mais belos fins de dia.
O vento está mais do que presente.
Está uma brisa ligeiramente mais fresca, mas igualmente renovadora.
Toca-me suavemente pela face, fico mais sensível ao frio.
Passa-me pelo cabelo e este voa, acompanhando as múltiplas direções de um vento que, até ele, parece desnorteado

...

Tenho lido, mas nunca o suficiente. Procuro algo...
Não sei o que faça com o tempo.
Passa-me pelas mãos numa correria incessante e permaneço, aqui.
Sem norte.

São 20 horas e 20 minutos.
O céu continua deslumbrante.
Agora, com as cores mais quentes, mais fortes.
Um azul mais escuro que o acompanha nesta viagem.
Estas cores envolvem-me completamente – e eu, com a mente ali.
Quando voltas?

A minha alma não sossega.
Pede constantemente por uma saciabilidade que eu não sei se tenho capacidade para tal.
O meu corpo já foi, em tempos, um copo cheio de água.
E, como todo o tempo funcional,
progressivamente, tem tido algumas transformações, naturais ao homem, ao mundo e às coisas – umas lascas aqui, uns tombos, uns pedaços perdidos acolá.

Partindo-se aos poucos.

Hoje?

Tenho uma réstia de vidro que sustém uma ou duas gotas de água.
Mas a minha alma implora por mais.
Está completamente convencida de encontrar um oásis neste deserto que caminhamos há séculos.
Sinto-me tão velha, mas nada inteligente.
Muito imatura.

Quero devorar livros, conhecer pessoas, beber as suas histórias, quero viajar, quero...
Quero, acima de tudo...
Conhecer-me e encontrar-me. Acima de tudo...
Encontrar um eixo que me guie
Neste limbo onde me encontro, completamente perdida.

São 20 horas e 27 minutos.
As nuvens são agora dominadas pelas cores do céu: todas se tornam familiares ao azul.
A luz esvai-se, sem perder tempo.
É impossível ganhá-lo novamente.
Depressa, a noite chegará.



~Bambi ∞

"Não é demonstração de saúde estar bem ajustado a uma sociedade profundamente doente." - Jiddu Krishnamurti


Um perfeito brain storming, com tanto ou nada por dizer.
 
Autor
Bambi
Autor
 
Texto
Data
Leituras
836
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 11/04/2014 11:04  Atualizado: 11/04/2014 11:04
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3026
 Re: O Mundo nas 20h
Corremos tanto nos dias atribulados que não vemos a poesia celeste que se escreve no céu no fim do dia.
E, assim, procuramos nos achar...
Maravilha teu texto.
Beijo.
Branca


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/09/2014 16:21  Atualizado: 23/09/2014 16:21
 Re: O Mundo nas 20h
«panóplia» essa palavra é linda,n lembro qd li ela,o som dela combina muito com esse vontade q vc tem de viver plenamente a vida com tudo q tem direito e está coberto de razão cara! tem mesmo q querer viver,ser feliz,percorrer mundos,as pessoas são bonitas,apesar de existir algumas com a alma feia,mas na minha opinião o valor das pessoas de bom coração supera a existência das malvadas, pois é,achei uma inspiração sua poesia,espero q vc durante esse intervalo de tempo já tenha conseguido ler alguns livros e feitos grandes amizades q até esqueceu das horas rsrsrs