https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

EU MUDEI TAMBÉM

 


De que adianta você voltar?
Tudo aqui mudou,
É outro o panorama;
Tudo em mim também mudou,
Não adianta dizer que me ama!

A vida é movimento,
E muda-se também o sentimento;
Igualmente, na Natureza não há retrocesso,
Temos de seguir o progresso:
Não volte, lhe peço!

Se era mentira nossas juras de amor?
Não, por favor!
Não nos mentíamos,
Falávamos do que sentíamos!

Você diz que me ama ainda!
Não sei se por mentira ou por estar enganada;
Só sei que o amor também finda,
E ninguém abandona a pessoa amada!



Manoel De almeida

 
Autor
ManoelDeAlmeida
 
Texto
Data
Leituras
622
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Manufernandes
Publicado: 09/06/2014 14:09  Atualizado: 09/06/2014 14:09
Subscritor
Usuário desde: 09/12/2013
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3860
 Re: EU MUDEI TAMBÉM
Uma realidade cantada em versos
origina uma fenomenal poesia!
Adorei!!!~
Parabéns!
Manu