Crónicas : 

Sabedoria de um coração cego .2

 
Buscar cegamente motivos para sorrir, ou buscar motivos para se chamar de rasões e um grande sinal de fraqueza.
Acho que o que corremos atras e obviamente desejos mentais onde nosso coração não tem autonomia, onde nossa crença se baseia no que podemos tocar..
Ao sentir um sentimento glorioso e quente onde nossa vontade simplesmente não é o suficiente para conter, pode ser chamado de coisas do coração, pois e lá onde acreditamos em Deus e percebemos que mesmo em um quarto trancado e escuro ainda assim temos certeza que tem mais alguém.
Abusar da "sorte" não e só desafiar o acaso, mas sim escolher entre todos os caminhos o mais rápido e perigoso.
Perceber que alguém que mesmo sorrindo á em seus olhos uma grande tristeza não e ser sentimental mas sim realista.
Acreditar que mesmo ruim mudanças são coisas boas.
Ter Fé e a realidade de cada ser vivente.
Aceitar as decisões de cada mesmo que diferente da sua.
Compartilhar suas emoções ruins, pois as boas devem ser vividas.
Fred Pierre


Quando descobrir sobre sí mesmo aprendera a ver a verdade em meus olhos

 
Autor
fred_só
Autor
 
Texto
Data
Leituras
630
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.