https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Relacionamentos : 

Amizades de então

 

Amizades de então




Uma palavra às vezes fere,
Quando não há interpretação,
Quando a maldade chega disfarçada,
Causado enorme confusão.

Sentimentos que se apagam,
Amizades de então,
Sonhos brancos ou coloridos,
Nem sempre nos embuço da emoção.

A fé que segura nosso povo,
Mesmo com fantasias do quero ser,
Nem mesmo segurou a palavra,
Quando briguei com você.

Mas quando beijo tua mão,
Sentindo o cheiro de teu perfume,
Esvazia minha arrogância,
Ti abraço com muita ternura.







Elias da Silva Barbozza


 
Autor
Barbozza
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1508
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
33 pontos
9
4
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/12/2014 13:12  Atualizado: 23/12/2014 13:12
 Re: Amizades de então
Versos verdadeiros ofender é muito fácil, a língua não pode ser domada


Enviado por Tópico
RayNascimento
Publicado: 24/12/2014 04:13  Atualizado: 24/12/2014 04:13
Membro de honra
Usuário desde: 13/03/2012
Localidade: Monte Roraima - Brasil
Mensagens: 6400
 Re: Amizades de então
Open in new window


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/12/2014 03:40  Atualizado: 25/12/2014 03:40
 Re: Amizades de então
Belíssimo meu caro!


Enviado por Tópico
Quandoachuvacai
Publicado: 26/12/2014 14:34  Atualizado: 26/12/2014 14:34
Colaborador
Usuário desde: 21/10/2014
Localidade: Lisboa
Mensagens: 626
 Re: Amizades de então
Gostei de ler o seu poema:)

Boas Festas


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/01/2015 22:17  Atualizado: 04/01/2015 22:17
 Re: Amizades de então
Lindoooooooooo poema poeta!