https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Da Minha janela…

 
No frio do meu divã,
me pego pensando na
frieza e nobreza da vida.

Me levanto e, encaro a minha janela bem
aberta,
me observando descaradamente,
me convidando para ver a vida através dela.

Então é ai que…

Da minha janela,
eu sinto através das persianas, a
brisa que suaviza o meu carácter visionário
sobre o
cenário da vida.

Da minha janela,
recebo os raios do sol que brilham e
anunciam jubilosamente o nascer de um novo dia,
que
tende a renovar as minhas expectativas na esperança.

Da minha janela,
observo serenamente as correrias que
fazem do mundo,
um campo de concorrências,
alimentado
pela incoerência.

Da minha janela,
entendo que temos perambulando a
estrada da vida,
na busca de um tesouro que sempre
esteve connosco

Da minha janela,
compreendi que se eu desprezo o
calor humano,
me tornando uma pessoa fria, não
posso condenar a frieza de um mundo que é subproduto
do meu produto.

Da minha janela,
eu enxergo que sou apenas um ser
que sempre procurou ser aquilo que pensa ser… mas
que nunca foi…

E assim, é daí que…

Da minha janela, eu consigo visionar o mundo
através de mim mesmo e…


 
Autor
FrancoJ
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1036
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
26 pontos
5
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/01/2015 17:23  Atualizado: 03/01/2015 17:23
 Re: Da Minha janela…
Como é bonito ver as coisas pela janela. ....

Enviado por Tópico
RayNascimento
Publicado: 03/01/2015 18:14  Atualizado: 03/01/2015 18:14
Membro de honra
Usuário desde: 13/03/2012
Localidade: Monte Roraima - Brasil
Mensagens: 6152
 Re: Da Minha janela…
No vão do pensamento...
O poeta ver de sua janela
A aquarela nas nuances da poesia.
Ray Nascimento
Open in new window

Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 04/01/2015 00:26  Atualizado: 04/01/2015 00:37
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 10356
 Re: Da Minha janela…P/FrancoJ
Olá!
Os nossos olhos já são duas janelas abertas para olhar o mundo e as paisagens podemos criá-las porque a imaginação e o que observamos dá-nos uma perspectiva do que é o mal e o belo da natureza. Mas se temos uma janela genuína, então podemos respirar ar puro e apreciar essa essência maravilhosa que vem da terra e olhar as estrelas luzindo. Depois cerramos as palpebras e sonhamos ser um...Ser perfeito. Apreciei e gostei muito do poema Vólena

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 04/01/2015 10:27  Atualizado: 04/01/2015 10:27
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8029
 Re: Da Minha janela…
Bom dia poeta!

Teu poema além de agradável leitura, é extraordinária reflexão.

Reflito nesse momento, proporcionado por teu poema, sobre a cegueira benevolente que impede o ser humano muita vez da aceitação de que o mundo é o reflexo de si mesmo. Recordo a inscrição à entrada do Oráculo de Delfos, atribuída ao filósofo Sócrates "Conhece-te a ti mesmo", que passa para as gerações o convite a uma introspecção. Essa mesma, que o poeta, com sensibilidade poética, impar, realiza ao poetar. Bem construído, o poema vai se agigantando a medida que dá o seu veredito final.
Alegro-me nessa manhã, por leitura tão gratificante ao meu ser. Obrigada pela partilha, Franco.

Abraços!!