https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Junta-te ao reino da luz

 
Junta-te ao reino da luz
 
Plebeu chora de coração vasto,
Poeta de alma sensível chora,
E na balança, partilham honra
Que separas com teu instinto insólito.

São indivisíveis águas do rio,
No mesmo leito depositam lágrimas
Jorradas pelos corações em lástima
À indiferença do teu mundo sombrio.

Saia das trevas
E junta-te ao reino da luz
Que detesta tua separação de favas.

A jurisdição não se constitui com inverdades
Nem de radares da tua magistratura
Que corrompe o barómetro da verdade.

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
913
Favoritos
5
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
62 pontos
6
8
5
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/06/2015 14:14  Atualizado: 25/06/2015 14:14
 Re: Junta-te ao reino da luz
Um dos mais lindos visto nessa manhã, já deixei como favorito!


Enviado por Tópico
Anacduarte
Publicado: 01/11/2015 19:18  Atualizado: 01/11/2015 19:18
Colaborador
Usuário desde: 11/10/2015
Localidade: Azeitão
Mensagens: 503
 Re: Junta-te ao reino da luz
Poeta Upanhaca, muito bom mesmo,

Plebeu chora de coração vasto,
Poeta de alma sensível chora,
E na balança, partilham honra
Que separas com teu instinto insólito.

Dos seus, é um dos melhores que já li.

Um abraço
acd


Enviado por Tópico
Jerenino
Publicado: 27/10/2016 00:16  Atualizado: 27/10/2016 00:16
Da casa!
Usuário desde: 04/09/2016
Localidade: ponte nova mg
Mensagens: 475
 Re: Junta-te ao reino da luz
Um poeta sensível agrega se na honra da justiça.

Será verdade ou mito?

só sei que tornei esse entre meus favoritos.

lindo poema meu amigo

Abraços poéticos para você

( jerenino )