https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

ME ENSINA...

 
O poeta quer dizer simplicidade
Devaneios da alma em soluços
Desafia todo instante e isola-se

No viver a vida todos se odeiam
E no sonhar perdura todo amor
Que vai e corre em puro torpor

Poetas que são como irmãos
A todos incluo aqui sem nomes
Parceiros dum teto e do chão

No trajeto que se segue correm
Nas veias sangue vermelho rubro
Traduzidos papiros em idiomas

Fatalmente o silêncio morrerá
Nos versos desenhados estará
A sigla e o sigilo do verbo amar...


Luiza De Marillac Bessa Luna Michel


Luiza De Marillac Bessa Luna Michel

 
Autor
Lumarillac
 
Texto
Data
Leituras
2793
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 02/09/2015 21:15  Atualizado: 02/09/2015 21:15
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 10200
 Re: ME ENSINA...
Boa tarde Luiza, teus versos nos evidenciam os tentáculos que norteiam a aura do poeta, parabéns pelo redundante poema, um abraço, MJ.