https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Mote e glosas III

 
Tags:  saudade    esperança    nostalgia  
 
MOTE

SAUDADE NINGUÉM, POR CERTO,
DEFINIU NESSE CONCEITO:
ELA É UM MUNDO DESERTO
QUE TEMOS DENTRO DO PEITO

GLOSAS

OS POETAS SEMPRE ESTÃO
DEFININDO O SENTIMENTO
DE DOR OU SATISFAÇÃO,
REGOZIJO, DESALENTO,
TRISTEZA, FELICIDADE
É SOMENTE A SAUDADE
UM CONCEITO EM ABERTO
POIS POETAS DE VALOR
DEFINEM SEJA O QUE FOR
SAUDADE NINGUÉM, POR CERTO

UM POETA INSPIRADO
DISSE QUANTO AO PORVIR:
TUDO QUE FOI SEPARADO
QUER VOLTAR A SE UNIR
NO SEU VERSO TEM VERDADE
MAS NÃO DEFINIU SAUDADE
POIS NEM TUDO, COM EFEITO,
SE RECUPERA E ALCANÇA
E SOMENTE A ESPERANÇA
DEFINIU NESSE CONCEITO

UM POETA QUE ESCREVE
COM TALENTO O SEU VERSO
MUITAS VEZES SE ATREVE
A EXPLICAR O UNIVERSO
E MESMO TENDO VONTADE
NA ESSÊNCIA DA SAUDADE
NUNCA VAI CHEGAR NEM PERTO
IGUALMENTE A NOSTALGIA
AUMENTANDO A CADA DIA
ELA É UM MUNDO DESERTO

QUEM ESCOLHE ESSE TEMA
AO LEITOR FICA DEVENDO
QUE O SEU MELHOR POEMA
ELE ESCREVE JÁ SABENDO
NÃO TER A PROFUNDIDADE
DO MISTÉRIO DA SAUDADE
POIS O VERSO MAIS PERFEITO
DE MAIOR INSPIRAÇÃO
NÃO TRADUZ ESSA EMOÇÃO
QUE TEMOS DENTRO DO PEITO
 
Autor
CarlosAle
Autor
 
Texto
Data
Leituras
431
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 24/09/2015 00:08  Atualizado: 24/09/2015 00:08
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16189
 Re: Mote e glosas III
Carlos
Apreciei a leitura!
Beijos!
Janna