https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Os frutos de duas árvores

 
Open in new window





Vejo-te
pelas franjas dos cabelos,
a rondar os sonhos …


Vejo-te
nessa tentativa de compreender o amor
na distância dos beijos…


Vejo – te
a gravitar á volta de mais uma estrela
enquanto eu,
Lua ,
rodopio na tua
cintura
sem te aperceberes.


Sei de um amor
invisível no teu rosto
tão regado nos teus olhos
tão pronunciado nos teus lábios
tão lembrado
enraizado na pele como abraço …



Por amor,
não fujas
da plenitude de amar …


Aconchega-te
junto de um coração a palpitar
e morre vivendo
com a verdade
de partilhar
íntimas cumplicidades …



Chega das folhas acariciadas pelas palavras
é tempo de entrelaçarem as raízes
para continuarem
a sonhar de ramos dados .
abrolhando os vossos frutos …




 
Autor
AlferedoQuinas
 
Texto
Data
Leituras
610
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
46 pontos
4
5
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/03/2016 10:12  Atualizado: 24/03/2016 10:12
 Re: Os frutos de duas árvores
Lindo texto!

Por mais que seja lido e relido, a poesia transborda dos olhos...e renasce em Luz...

Obrigada por esse momento de leitura!

Um abraço,

Anggela

Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 24/03/2016 10:26  Atualizado: 24/03/2016 10:26
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3962
 Re: Os frutos de duas árvores

Só uma palavra: maravilhoso!
Impossível não levar...rss
Um beijinho!

*-*

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 28/03/2016 15:16  Atualizado: 28/03/2016 15:16
 Re: Os frutos de duas árvores
Ah meu amigo Poeta! É tão bom lê poesia de qualidade, amo a poesia moderna, os versos brancos e essa escrita que hoje em dia está em extinção, continue....

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/07/2016 21:45  Atualizado: 05/07/2016 21:45
 Re: Os frutos de duas árvores
Saudades dos teus poemas...